Correio do Povo

Porto Alegre, 17 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
25ºC
Amanhã
19º 26º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

04/12/2013 23:55 - Atualizado em 05/12/2013 00:05

Conselho do Grêmio aprova modificações de contrato da Arena

Votação fez ressalva para OAS instalar 1,3 mil lugares faltantes ou ressarcir o clube

Votação fez ressalva para OAS instalar 1,3 mil lugares faltantes ou ressarcir o clube<br /><b>Crédito: </b> Wesley Santos/Arena POA/CP Memória
Votação fez ressalva para OAS instalar 1,3 mil lugares faltantes ou ressarcir o clube
Crédito: Wesley Santos/Arena POA/CP Memória
Votação fez ressalva para OAS instalar 1,3 mil lugares faltantes ou ressarcir o clube
Crédito: Wesley Santos/Arena POA/CP Memória

Um dos principais entraves para a assinatura do novo contrato entre Grêmio e OAS está parcialmente acordado depois de inúmeras reuniões. Entre argumentos e contra-argumentos dos dois lados, as partes chegaram ao consenso de que faltam cerca de 1,3 mil cadeiras na Arena, além de admitir outros 1,8 mil lugares com visão prejudicada. O Conselho Deliberativo tricolor se reuniu, na noite desta quarta-feira, e aprovou, com essas ressalvas, as modificações no contrato.

Para solucionar o problema, um estudo será conduzido para averiguar a possibilidade de instalação dos assentos ausentes. O presidente, Fábio Koff, foi enfático sobre a situação: "Foi aprovado por unanimidade pelo Conselho, o contrato com a OAS, tendo a ressalva da proposta do Conselho de Administração de se instalar as cadeiras faltantes ou se ressarcir o clube financeiramente", definiu.

O projeto será conduzido tanto pelo clube como pela empreiteira e tentará viabilizar espaços no novo estádio para abrigar os assentos. O estudo também irá analisar uma forma de melhorar a visão nas cadeiras que têm a vista para o jogo prejudicada de alguma forma. Esse lugares estão especialmente nos primeiros degraus do primeiro, segundo e quarto níveis da casa gremista.

Embora a solução esteja em negociação, ela não atrasa a assinatura do novo acordo. A concordância das partes neste tema permite que os reajustes na parceria sejam celebrados depois de um processo de negociação que começou no início do ano. A assinatura deve acontecer na segunda quinzena de dezembro.

Sobre as cadeiras que desbotaram ou quebraram com facilidade, a empresa brasileira responsável pelo fornecimento já foi notificada pela Arena. Porém, ainda não foi dada nenhuma resposta. Alguns bancos já foram substituídos, porém outros ainda apresentam defeito.


Bookmark and Share

Fonte: William Lampert/Correio do Povo







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.