Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
16º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

11/12/2013 15:34 - Atualizado em 11/12/2013 15:40

Caso da Portuguesa deve ser julgado na próxima semana

Denúncia será apresentada nesta quarta-feira no STJD e CBF já enviou documentação

Principal assunto do futebol brasileiro nas últimas horas, o caso Héverton, meia que teria atuado de forma irregular pela Portuguesa na última rodada do Campeonato Brasileiro, deve ser julgado já na próxima semana pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

A denúncia do caso foi feita nesta quarta-feira ao STJD e os documentos necessários para o julgamento já foram enviados pela CBF, entidade responsável pelo controle desse tipo de caso, como suspensão. Caso seja considerada culpada, a Lusa corre risco de perder quatro pontos, o que o rebaixaria e salvaria o Fluminense da queda para Série B.

"A denúncia está sendo apresentada hoje (quarta-feira), A CBF já enviou os documentos necessários, já que ela sempre faz esses controles", disse o procruador geral do STJD, Paulo Schmitt.

O meia Héverton, da Portuguesa, cumpriu suspensão automática diante da Ponte Preta e foi julgado na última sexta-feira pela 4ª Comissão Disciplinar do STJD. O jogador foi punido por duas partidas e deveria cumprir mais uma diante do Grêmio. No entanto, foi relacionado e entrou aos 32 minutos do segundo tempo do empate em 0 a 0 com o Tricolor gaúcho.

De acordo com o vice-presidente da Lusa, Roberto dos Santos, o advogado que representou a equipe no julgamento, Oswaldo Sestário, informou que a punição foi de apenas uma partida, que já havia sido cumprida. A notificação de que foram duas partidas de gancho chegou com atraso, apenas nesta terça.

Assim como a Portuguesa, o Flamengo também pode ser punido com a perda de quatro pontos no Campeonato Brasileiro por ter escalado de forma irregular o lateral-esquerdo André Santos na partida contra o Cruzeiro, pela última rodada da competição. O jogador foi expulso na Copa do Brasil, julgado na última sexta-feira, e teria de ter cumprido a suspensão no jogo do último sábado. O que não aconteceu.

O Código Brasileiro de Justiça Desportiva diz que a presença de um representante do clube no julgamento elimina a necessidade de notificação por escrito. Se o erro foi mesmo cometido pela Portuguesa, a punição deve acontecer. Se ficar comprovado que o erro foi do STJD, o clube seguirá na Primeira Divisão.


Bookmark and Share

Fonte: Lancepress







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.