Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
11º 22º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

11/12/2013 17:46 - Atualizado em 11/12/2013 18:09

Conmebol promete aumentar premiações da Libertadores

Presidente Koff vai representar o Grêmio no sorteio dos grupos do torneio nesta quinta

A Conmebol realizará nesta quinta-feira o sorteio dos grupos da Copa Libertadores do ano que vem. A entidade prometeu nesta quarta que anunciará um aumento substancial das premiações recebidas pelas equipes participantes. No entanto, a instituição não informou o montante em questão.

"Todos conhecem o alto nível esportivo deste torneio, mas o fator econômico também é muito importante. A Conmebol busca os meios para recompensar cada vez mais os protagonistas que realizam esta competição", explicou Néstor Benítez.

Do total de 38 equipes participantes, o Brasil será representado na 55ª edição da Libertadores por seis equipes. O Grêmio, com o segundo lugar no Brasileirão, tem vaga garantida na fase de grupos da competição. O presidente Fábio Koff vai acompanhar o sorteio no Paraguai. "O ano de 2014 terá grandes desafios para o futebol sul-americano, por causa do Mundial no Brasil e pelo grande incentivo econômico que haverá na Copa Libertadores", acrescentou Benítez.

O sorteio tem início marcado para as 22h desta quinta-feira, horário de Brasília, numa cerimônia realizada na sede da Conmebol, na periferia de Assunção, que contará com a presença de dirigentes continentais e representantes de todas as equipes que disputarão a competição.

Além dos seis brasileiros, o torneio, que começa em janeiro, incluiu também cinco equipes da Argentina e três de Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela. Benítez destacou também que a presença de representantes mexicanos - que não pertencem à Conmebol - reforça a competitividade do torneio, o que vem acontecendo há anos. "A presença deles em nosso torneio já virou uma tradição saudável. Eles são verdadeiros protagonistas, com equipes muito competitivas", explicou.

Benítez exaltou também a importância da Libertadores para o futebol sul-americano. "A Libertadores representa notoriedade para os clubes como instituições, e a possibilidade econômica de colocar seus jogadores na vitrine", disse.

Durante a cerimônia, também haverá uma menção especial à Copa do Mundo-2014 do Brasil, "que nasceu na Conmebol quando os dirigentes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vieram pedir apoio aos outro nove países membros para ser o candidato da América do Sul".


Bookmark and Share

Fonte: AFP







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.