Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
11º 22º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

12/12/2013 08:28 - Atualizado em 12/12/2013 08:41

Venda de atacantes ameniza situação financeira do Inter

Negócios de Damião e Gilberto ajudam clube a cobrir déficit de R$ 40 milhões

Vendido a fundo de investimentos, Damião deve ser repassado ao Santos<br /><b>Crédito: </b> Alexandre Lops / Inter / Divulgação CP
Vendido a fundo de investimentos, Damião deve ser repassado ao Santos
Crédito: Alexandre Lops / Inter / Divulgação CP
Vendido a fundo de investimentos, Damião deve ser repassado ao Santos
Crédito: Alexandre Lops / Inter / Divulgação CP

Como na maioria dos clubes brasileiros, o momento financeiro não é bom no Inter – ainda mais sem o Beira-Rio, o que diminuiu as receitas em 2013. As vendas de Gilberto e Leandro Damião trazem um alívio providencial as contas do Colorado. O clube, assim, consegue tapar o déficit projetado em cerca de R$ 42 milhões para o final do ano. A tática de venda de jogadores para acertar os ponteiros financeiros é uma premissa da direção que comanda o clube desde 2002.

A venda de Damião ao fundo inglês Doyen Sports rendeu aos cofres colorados cerca de R$ 30 milhões - o restante fica com o Atlético Ibirama, que detinha 30% dos direitos econômicos do centroavante. Já a negociação de Gilberto com o Toronto FC, do Canadá, colocará mais de R$ 7 milhões na conta do Inter. Assim, o clube arrecada com receitas extraordinárias quase R$ 40 milhões. No ano, o Colorado também vendeu o meia Fred ao Shakhtar Donestk e o zagueiro Rodrigo Moledo ao Metalist. Mas, com a ausência do Beira-Rio e a folha salarial alta, enfrentou uma temporada de gastos elevados. “As negociações dão um alívio considerável, sim”, disse rapidamente o diretor-executivo Newton Drummond.

Na reunião do Conselho Deliberativo, marcada para a próxima quarta-feira, os conselheiros ficarão sabendo sobre o tamanho do rombo financeiro. Provavelmente apresentado com a solução ao lado.

Com a saída da dupla de atacantes, o Inter conta atualmente com Scocco, Rafael Moura, Diego Forlán, Caio e Jorge Henrique como opções para o setor ofensivo. Curiosamente, os três primeiros ainda podem deixar o clube gaúcho. Se eles ficarem, a tendência é de que o clube não invista em jogadores para o ataque.

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.