Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
13º 23º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Mundial de Clubes

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

18/12/2013 20:02 - Atualizado em 18/12/2013 20:20

"Não tem como não estar abalado", reconhece Ronaldinho

Meia admitiu melhor pontaria do Raja Casablanca na eliminação do Atlético-MG

Meia admitiu melhor pontaria do Raja Casablanca na eliminação do Atlético-MG
Crédito: Gerard Julien/AFP/CP

A pancada foi dura na derrota do Atlético-MG para o Raja Casablanca. Pela segunda vez, Ronaldinho deixou o Mundial de Clubes com as mãos abanando. Lembrando que o craque também foi derrotado pelo Inter, quando defendia o Barcelona na final de 2006. Nem o belo gol nesta quarta-feira, de falta, foi suficiente para amenizar o fracasso na semifinal da competição. "Não tem como não estar abalado", resumiu.

"A expectativa era grande após um ano maravilhoso, mas é duro. Agora é aceitar a derrota, assimilar e ver o que virá para a frente. Foi um jogo parelho, eles concluíram melhor, ampliaram no fim, quando estávamos no desespero e agora é ter cabeça fria e ver o que resta", afirmou o camisa 10 do Galo.

Ronaldinho teve atuação apagada durante o primeiro tempo e continuou em ritmo abaixo do esperado na segunda etapa. Foi um escanteio mal cobrado dele que gerou o gol do Raja, mas a partir daí teve leve melhora na etapa final. Ainda celebrou o belo gol de falta, mas viu a derrota chegar em novas falhas do Galo. Agora, o jeito é enfrentar o chinês Guangzhou na decisão do terceiro lugar, sábado.


Bookmark and Share

Fonte: Lancepress







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.