Correio do Povo

Porto Alegre, 17 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
28ºC
Amanhã
19º 26º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

20/12/2013 08:53 - Atualizado em 20/12/2013 09:08

Direção do Inter se irrita com declarações de Scocco

Argentino negou ter dado entrevista falando que está insatisfeito

Direção se irritou com declaraçoes do argentino<br /><b>Crédito: </b> Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP
Direção se irritou com declaraçoes do argentino
Crédito: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP
Direção se irritou com declaraçoes do argentino
Crédito: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

As reiteradas demonstrações de inconformidade de Ignacio Scocco, veiculadas pela imprensa argentina, chegaram ao seu limite. Novos episódios do tipo não serão tolerados pelos dirigentes colorados. Nessa quinta o jornal “Olé”, principal noticioso esportivo da Argentina, mais uma vez publicou uma matéria mostrando a insatisfação do atacante.

No texto, o jornal confirma o interesse do River Plate em contratar Scoccoe credita a ele uma declaração, que teria sido dada no dia anterior — ou seja, na quarta-feira: “Quero voltar ao futebol argentino. Já conversei com os dirigentes do Inter e eles me entenderam”.

Em Porto Alegre, os dirigentes ficaram irritados. O vice de futebol, Marcelo Medeiros, solicitou que a assessoria de imprensa do clube entrasse em contato com Scocco para saber se ele realmente tinha dado as declarações. A resposta foi negativa. “Recebemos a informação de que ele teria dado outra entrevista, mas ele negou. Ele teria dado uma única entrevista, que repercutiu e continua sendo repercutida por vários veículos”, enfatizou Medeiros.

O fato é que Scocco custou 6,5 milhões de dólares ao Inter na última janela de transferências. Ele foi comprado do Newell’s Old Boys para suprir a saída de Leandro Damião, que já era iminente, mas jamais conseguir firmar-se na equipe ou jogar um futebol parecido com aquele que lhe rendeu o cartaz de um dos dois melhores atacantes da Libertadores.

Em 2014, depois da saída de Damião, Scocco tem tudo para começar a temporada como titular. Segundo a visão dos dirigentes, em parte compartilhada por Abel Braga, o argentino tem condições de ser o centroavante da equipe, embora com características diferentes das de Damião. “O Scocco é um jogador que desperta interesse, sobretudo na Argentina. E é normal que ele se sinta desconfortável com a reserva, mas vamos ter uma conversa com ele. Isso não pode continuar”, finalizou Medeiros.

Bookmark and Share

Fonte: Fabrício Falkowski / Correio do Povo







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.