Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
24ºC
Amanhã
19º 26º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

25/12/2013 19:05 - Atualizado em 25/12/2013 19:06

Procon de Pernambuco multa Fifa em R$ 500 mil

Entidade relata ter recebido problemas referentes a ingressos durante a Copa das Confederações

Entidade relata ter recebido problemas referentes a ingressos durante a Copa das Confederações<br /><b>Crédito: </b> Ana Araujo / Ministério do Turismo / CP
Entidade relata ter recebido problemas referentes a ingressos durante a Copa das Confederações
Crédito: Ana Araujo / Ministério do Turismo / CP
Entidade relata ter recebido problemas referentes a ingressos durante a Copa das Confederações
Crédito: Ana Araujo / Ministério do Turismo / CP

Após julgamento no Procon de Pernambuco, a Fifa e a Match - empresa contratada pela entidade para prestação de serviços de bilheteria - foram multadas em R$ 500 mil cada por conta de infrações cometidas ao consumidor durante a Copa das Confederações, em junho.

Baseado em uma representação da Ordem dos Advogados do Brasil de Pernambuco (OAB-PE), o órgão fiscalizador entendeu que muitos torcedores que compraram ingressos para assistir a jogos na Arena Pernambuco chegarem no local e perceberam que seus assentos não correspondiam ao que estava impresso no bilhete.

Além disso, muitos teriam comprado entradas para as áreas mais próximas do campo e teriam sido realocados para outras áreas. Segundo o órgão fiscalizador, houve desrespeito ao inciso III do Código de Defesa do Consumidor, que trata sobre o direito à informação.

“Recebemos diversas reclamações aqui. Com as queixas que também foram registradas na OAB, eles entenderam que deveriam entrar com uma representação, que foi julgada pelo Procon-PE. Da nossa parte, apuramos e reforçamos o procedimento por conta das denúncias registradas”, disse José Neves, diretor-presidente do Procon de Recife.

As partes foram notificadas, recorrerem, mas o recurso já foi negado. Caso Fifa e Match queiram reverter esta decisão, a Justiça Comum é o caminho a ser seguido.

Bookmark and Share

Fonte: Lancepress







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.