Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
25ºC
Amanhã
16º 23º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

27/12/2013 12:06 - Atualizado em 27/12/2013 12:07

Rui Costa ressalta confiança em Barcos e Kleber

Diretor disse que contratação de atacante não é prioridade

Barcos e Kleber têm a confiança da direção gremista<br /><b>Crédito: </b> Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP
Barcos e Kleber têm a confiança da direção gremista
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP
Barcos e Kleber têm a confiança da direção gremista
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

O ataque do Grêmio deixou a desejar no Campeonato Brasileiro. Juntos, Barcos e Kleber marcaram apenas 14 gols (nove do centroavante e cinco do Gladiador). Apesar disso, a dupla tem a confiança do departamento de futebol para 2014. O diretor-executivo Rui Costa afirmou que a direção acredita na recuperação dos dois jogadores e que não está a procura de atacantes no mercado.

“O Grêmio tem dois grandes atacantes e tem jovens de muita qualidade, Mamute e o Lucas. Tem o Paulinho, que terá mais chances também. Temos conversado com o Enderson sobre isso e ficou muito claro de que ele vai dar chance para todos. O Grêmio tem como titulares dois jogadores que qualquer clube gostaria de ter. Confiamos em Barcos e Kleber e acreditamos que em uma nova temporada, com outra comissão técnica, eles terão nova oportunidade para reencontrarem porque são jogadores de muita qualidade. Estamos satisfeitos com esses jogadores”, declarou Rui Costa durante a apresentação do zagueiro Pedro Geromel.

Se não procura atacantes, o Grêmio tem como prioridade a contratação de um camisa 10. Rui Costa ressaltou que o objetivo é que o grupo gremista esteja fechado na reapresentação do elenco, marcada para o próximo dia 8. “A ideia é de que nós possamos no dia 8 ou pelo menos no começo da temporada estarmos com o grupo fechado. Nós sabemos o quanto isso é importante no ponto de vista da preparação física e da ideia tática que o treinador vai querer implantar. No entanto, não dá para garantir isso porque o mercado está aquecido, vai aquecer mais e as possibilidades de transferências podem mudar. Mas a nossa ideia é ter o grupo fechado na pré temporada”, projetou.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.