Correio do Povo

Porto Alegre, 25 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
13ºC
Amanhã
13º 23º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Brasileirão

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

28/12/2013 15:10 - Atualizado em 28/12/2013 15:11

Lusa promete “lutar até o fim” por permanência na elite

Clube divulgou no Twitter recado otimista à torcida, com citação de Fernando Pessoa

Em decisão unânime do STJD no início da tarde de sexta-feira, a Portuguesa perdeu quatro pontos pela escalação irregular do meia-atacante Héverton e foi rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2014. Apesar de ainda prometer mobilizações para tentar permanecer na elite, o clube emitiu uma mensagem de fim de ano ao seu torcedor, enaltecendo o "orgulho de ser Lusa" e fazendo uso até mesmo de uma citação do poeta português Fernando Pessoa.

"Lutaremos até o fim pelo nosso direito, o que garantimos em campo. Como disse Alberto Caeiro, ‘tudo vale a pena quando a alma não é pequena’, e a nossa é imensa. Imensa como o nosso orgulho de ser Lusa. Imensa como a gratidão que sentimos por vocês, lusos ou não, que caminham ao nosso lado", postou o clube em seu Twitter oficial, na tarde deste sábado, a quatro dias do início de 2014.

Alberto Caeiro é um dos famosos heterônimos de Fernando Pessoa. Mas, segundo o site da Casa Fernando Pessoa, um centro cultural que detém todo o acervo do poeta em Lisboa, a frase citada pelo clube brasileiro é do próprio Pessoa, e não de nenhum dos heterônimos. O excerto é do poema "Mar Português", publicado em 1934 no livro "Mensagem", que fala sobre as grandes navegações empreendidas pela Coroa Portuguesa.

Apesar da falha, a mensagem de fim de ano do Twitter da Portuguesa prega a "luta por um futebol mais justo, decidido dentro de campo", manifestando a posição de discordância do clube em relação à punição. A Lusa ainda deixa claro que "a luta não acabou", mas não cita as medidas que serão tomadas.

A Promotoria do Consumidor do Ministério Público apura irregularidades no julgamento do STJD e o promotor Roberto Senise deve divulgar sua posição no próximo dia 8 de janeiro, relatando se houve ou não descumprimento ao Estatuto do Torcedor, que é uma lei federal e com mais força que o Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Além disso, devem correr na Justiça, em 2014, ações de torcedores comuns indignados com a sentença. Fora da esfera esportiva, o "caso Héverton" terá novos desdobramentos. "Que 2014 seja um ano grandioso a todos nós, que lutamos com honradez, que aprendemos nas derrotas e crescemos nas adversidades. Feliz 2014!", encerra a Portuguesa.

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.