Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 03/01/2014
  • 11:40
  • Atualização: 12:07

Inter tenta estancar problema na bola aérea com Dida, Ernando e Paulão

Reforços para próxima temporada são mais altos que zagueiros da defesa

Goleiro Dida tem 1,96m | Foto: Mauro Schaeffer / CP Memória

Goleiro Dida tem 1,96m | Foto: Mauro Schaeffer / CP Memória

  • Comentários
  • Lancepress

A defesa do Inter foi o setor que mais teve problemas em 2013. E também foi o setor que mais recebeu reforços ao final da temporada. O clube gaúcho já tem quatro atletas contratados para o sistema defensivo - três anunciados de maneira oficial e um esperando final da punição por doping. A bola aérea é um dos fatores que contaram para as contratações de Dida, Paulão e Ernando.

O goleiro tem 1,96m, o zagueiro Paulão tem 1,87m e Ernando tem 1,84m. Todos aumentam a média de altura da defesa. Dos defensores que já estão no grupo, apenas Alan, 1,94m, tem altura maior do que a dos zagueiros contratados. Ambos chegam com status de titular - a dupla e Juan brigam por duas vagas na defesa, embora o camisa 4 ainda não tenha continuidade definida após a metade do ano.

Contratado do rival Grêmio mesmo com 40 anos, Dida também é uma arma contra as jogadas aéreas. O goleiro joga adiantado principalmente nas bolas paradas e e tem a saída de gol como outro ponto considerado positivo pela direção colorada.

Para fechar os investimentos no setor defensivo, falta apenas a contratação de um lateral- direito para o Inter. Com a saída de Gabriel, o Colorado admite que precisará fazer um investimento maior para contar com um reforço para a posição. Com mercado restrito, o clube gaúcho procura jogadores no mercado sul-americano.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter, Esporte