Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 06/01/2014
  • 13:10
  • Atualização: 18:34

Vice-presidente do Grêmio vê assinatura do contrato com OAS como formalidade

Romildo Bolzan Junior garantiu que questões essenciais já foram resolvidas

Romildo vê questão do novo contrato como resolvida | Foto: Paulo Nunes / CP Memória

Romildo vê questão do novo contrato como resolvida | Foto: Paulo Nunes / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Depois de chegarem a um acordo em dezembro, Grêmio e OAS devem formalizar o novo contrato da Arena ainda neste mês de janeiro. Apesar de não ter uma data confirmada para a oficialização do acordo, o vice-presidente gremista Romildo Bolzan Junior garante que todas as pendências envolvendo a questão já foram resolvidas. De acordo com o dirigente, a assinatura do contrato será apenas uma formalidade.

“O que era fundamental está resolvido e o presidente Fábio Koff e a OAS no momento oportuno anunciarão a condição que foi finalizado o negócio. A essência da questão já foi resolvida. Isso tinha que ser resolvido, fazia parte do contrato o recebimento da obra. A comissão trabalhou magnificamente bem e deixou o presidente para fazer os encaminhamentos necessários. A questão agora passa pelos jurídicos do Grêmio e da OAS. São questões formais, não existe mais nada de dificuldade. Tudo que tinha que ser limpado já foi”, declarou em entrevista à Rádio Guaíba.

Romildo Bonzan exerce o cargo de presidente do Grêmio interinamente enquanto Fábio Koff, que retorna nesta semana, está em viagem. Em relação aos negócios, Bonzan evitou dar detalhes, mas ressaltou que estão bem encaminhado pelo departamento de futebol do clube. “As coisas estão muito bem encaminhadas. Os problemas do Grêmio são conhecidos. O clube está enfrentando essas questões de maneira tranquila e os encaminhamentos que tinham que ser tomados já foram feitos, o departamento de futebol cuida isso com extrema maestria”, completou.

Bookmark and Share


TAGS » Grêmio, Futebol, Esporte