Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 08/01/2014
  • 12:57
  • Atualização: 12:59

Dirigente do Inter reitera confiança em Scocco

Roberto Melo espera que argentino cresça com adaptação ao futebol brasileiro

Scocco fez apenas quatro gols com a camisa do Inter | Foto: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

Scocco fez apenas quatro gols com a camisa do Inter | Foto: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Sem conseguir se firmar no Inter desde que chegou em julho do ano passado, Scocco não escondeu durante as férias na Argentina a sua insatisfação com a situação no clube. Apesar das declarações, a direção ressalta a confiança no atacante. Nesta quarta-feira, o diretor de futebol Roberto Melo afirmou que espera que o jogador possa repetir em 2014 o bom futebol apresentado com a camisa do Newell’s Old Boys.

“O Scocco é um grande jogador, fez um ótimo ano. Foi escolhido entre os melhores da América, goleador no Newell’s. A gente entende que ele está passando pelo mesmo processo que passaram Forlán, Juan e outros tantos atletas. O jogador chegou bem no meio da temporada e isso pesa um pouco. Esperamos que começando o ano ele possa adquirir confiança e repetir aquele futebol que vimos ele jogar na Argentina”, declarou à Rádio Guaíba.

Melo ainda evitou falar sobre insatisfação da direção com as declarações de Scocco. O dirigente afirmou que viu com normalidade as entrevistas dadas pelo atacante na Argentina. “Ele é um jogador que estava em um grande momento. Chegou a ser convocado para a seleção, estava na expectativa de jogar a Copa do Mundo. Chegar aqui, não ter muitas oportunidades, ficar na reserva, isso deixou ele um pouco chateado. Ele saiu de um ambiente que era a casa dele. A adaptação não é fácil e esperamos que agora ele possa fazer a diferença”, completou.

Em 20 partidas com a camisa colorada, Scocco marcou quatro gols. Apesar da reserva no Inter, o bom desempenho pelo Newell’s no primeiro semestre levou o atacante a entrar tradicional na seleção de melhores da América feita pelo jornal uruguaio El País.


TAGS » Futebol, Inter, Esporte