Correio do Povo

Porto Alegre, 27 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
10ºC
Amanhã
18º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

13/01/2014 13:14 - Atualizado em 13/01/2014 13:28

Werley espera ano sem contusões para recuperar espaço no Grêmio

Zagueiro terminou 2013 como reserva no time de Renato Portaluppi

Zagueiro Werley quer recuperar condição de titular no Grêmio<br /><b>Crédito: </b> Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP
Zagueiro Werley quer recuperar condição de titular no Grêmio
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP
Zagueiro Werley quer recuperar condição de titular no Grêmio
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

Peça fundamental do elenco em 2012, Werley seguiu no time titular do Grêmio em grande parte de 2013. No entanto, na reta final do Brasileirão, com a troca do esquema 3-5-2 para o 4-4-2, ele foi o zagueiro escolhido para deixar a equipe. O defensor acredita que as lesões sofridas na temporada passada foram decisivas para perder a titularidade e confia que sem problemas físicos poderá recuperar seu espaço neste ano.

“Eu tive no banco nos últimos seis jogos do Brasileiro e um da Copa do Brasil, mas joguei 49 partidas. O que me atrapalhou bastante foram as contusões, principalmente a do tornozelo. Fiquei fora, atuei em quatro jogos e depois me lesionei de novo. Na reta final do Brasileiro é complicado retornar em grande nível. Só se recupera ritmo jogando e o Renato optou por me retirar. Foi importante ficar de fora, estou 100% recuperado e vou fazer de tudo para reconquistar meu espaço”, declarou.

A disputa por vaga na defesa do Grêmio ganhou mais um concorrente. Além de Rhodolfo e Bressan, titulares no ano passado, Pedro Geromel chega com a experiência de quase dez anos de futebol europeu. Werley considera a disputa por vaga como positiva e confia que todos terão oportunidades com o técnico Enderson Moreira.

“Quem chega vem para somar. Aqui dentro do clube, a gente trata da melhor maneira possível aqueles que chegam. O Pedro está bem a vontade, a briga por vaga é bem sadia. Quem decide é o treinador e aquele que estiver melhor vai jogar. Cada um tem que procurar seu espaço dentro dos treinamentos e quando tiver a oportunidade nos jogos fazer grandes apresentações", avaliou.

Werley já conhece o técnico Enderson Moreira. Os dois trabalharam juntos no juvenil do Atlético-MG. O zagueiro destaca as qualidades do treinador na montagem tática de suas equipee. “Trabalhamos no juvenil, ele é um cara muito bom, tranquilo, mas que ao mesmo tempo cobra bastante. É muito bom taticamente, muito inteligente. Ele evoluiu muito, como eu também. Ele vai nos ajudar bastante, mostrou sua qualidade no Goiás. É um cara preparado, tenho certeza que esse ano promete e temos tudo para conquistar títulos”, encerrou.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.