Correio do Povo

Porto Alegre, 19 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
17º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

21/01/2014 08:34 - Atualizado em 21/01/2014 08:36

Ex-Inter, Edinho se mostra ambientado ao Grêmio

Volante chegou faz pouco tempo ao Tricolor, mas parece estar no clube há muito tempo

Permanentes bom humor e alto-astral mostrados por Edinho durante a pré-temporada facilitam a adaptação dele ao Grêmio<br /><b>Crédito: </b> Enio Bianchetti / Especial CP
Permanentes bom humor e alto-astral mostrados por Edinho durante a pré-temporada facilitam a adaptação dele ao Grêmio
Crédito: Enio Bianchetti / Especial CP
Permanentes bom humor e alto-astral mostrados por Edinho durante a pré-temporada facilitam a adaptação dele ao Grêmio
Crédito: Enio Bianchetti / Especial CP

Edinho começou a treinar no Grêmio faz pouco mais de dez dias, porém parece estar no clube há dez anos. O volante não dá nenhum indicativo de ser um dos novatos no elenco. Enturmou-se logo de cara e já virou um dos principais mentores das brincadeiras no grupo de jogadores. Uniu-se a turma que tinha Kleber e Pará, entre outros, e que também contou com o reforço de Léo Gago.

O quarteto volta e meia está junto na pré-temporada. Seja na parte inicial ou final dos treinamentos, ou no hotel em Bento Gonçalves. “Eu tinha jogado com o Kleber no Palmeiras, é meu amigão, brincalhão. Então me ajudou bastante. O Pará é um cara que brinca o tempo todo. O Wendell também”, destacou Edinho.

Logo no primeiro trabalho, ele foi alvo do Gladiador. Ao encerrar a corrida, ouviu do camisa 30 que era a hora de dar um carrinho, resultando na gargalhada de todos. Encontrar os quatro rindo juntos é fácil. Especialmente no aquecimento e no final dos treinos, quando as atividades são mais descontraídas. Pegam no pé dos outros companheiros, porém também entre si.

“Quem é esse jogador que mia”, disse Edinho, no final do trabalho de domingo à tarde, referindo-se à gagueira de Léo Gago. “É um cara que brinca bastante, não tem frescura. Já está ambientado”, ressaltou Léo Gago, que voltou de empréstimo do Palmeiras. O próprio novato no grupo se surpreendeu com a rápida integração. “Estou bastante feliz. Eu pensei que ia me adaptar bem, mas não tão rapidamente. O grupo me abraçou de uma maneira incrível”, salientou Edinho.

A sua chegada não somente agregou um astral diferente, mas também aliviou muitos atletas que antes o tinham como adversário. “Engraçado que tem muito jogador aí que eu atuava contra, e a gente sempre se pegava em campo. Mas quando eu cheguei, eles comentaram ‘até que enfim vamos jogar juntos’. A ambientação foi muito rápida”, completou Edinho.

Bookmark and Share

Fonte: William Lampert / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.