Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 25/01/2014
  • 14:05
  • Atualização: 14:06

Sada Cruzeiro derruba o Sesi e fatura a Copa Brasil

Equipe mineira assegurou vaga no Campeonato Sul-Americano de Clubes

  • Comentários
  • Lancepress

Após um jogo sensacional, o Sada Cruzeiro conquistou na manhã deste sábado a Copa Brasil de Vôlei com a vitória por 3 sets a 2 (21-17, 15-21, 16-21, 21-15 e 23-21) sobre o Sesi-SP. Com o título, a equipe mineira assegurou vaga no Campeonato Sul-Americano de Clubes, que será entre os dias 19 e 23 de fevereiro, em Belo Horizonte.

O campeão sul-americano terá direito a disputar o Mundial de Clubes, que será entre 6 e 11 de maio, em Betim (MG). Entretanto, o Sada Cruzeiro já tem vaga garantida no Mundial, pois, além de ser atual campeão, é o anfitrião da disputa. Este foi o terceiro título do Cruzeiro na temporada 2013-2014. A equipe já havia conquistado o tera no Campeonato Mineiro e o Campeonato Mundial.

O jogo começou caracterizado pelo bloqueio das duas equipes, que contam com boas duplas de centrais - Sidão/Lucão pelo Sesi e Isac/Éder pelo Cruzeiro. A parcial foi disputada ponto a ponto e com os time forçando o saque. Na reta final, a equipe mineira assegurou pequena vantagem e venceu por 21-17 após o ponteiro cubano Leal fazer grande defesa e permitir o contra-ataque celeste.

No segundo set, o Sesi começou apostando no ataque dos centrais, que eram os principais alvos do levantamento de Sandro. Lucão entrou no jogo e caprichou em dois saques para virar o jogo pata 7-6 antes do tempo técnico.
O time paulista disparou no fim da parcial e após um bloqueio da dupla Renan/Sidão conseguiu abrir 17-13. Aliás, o oposto canhoto Renan, de 2,17m, entrou bem (na vaga de Evandro) e deu qualidade ao ataque e bloqueio dos paulistas, que venceram o set por 21-15 após bloqueio de Lucão.

O Sesi voltou ainda melhor para o terceiro set. Lucão foi quem roubou a cena e decidiu a parcial. Ele fez quatro aces seguidos e o Sesi abriu 8-4. O central só sairia do saque quando o Sesi já tinha 11-5 a seu favor. O Cruzeiro, portanto, precisava de um reação no set, o que não aconteceu: 21-16 e virada para 2 sets a 1 do Sesi.

No quarto set, o Sesi jogava para ser campeão e o Cruzeiro para se manter vivo. Daí, a parcial disputada. E tensa, com direito a Wallace chutando as placas de publicidade. O oposto, inclusive, é quem definiria o set. Com ele no saque, o Cruzeiro abriu 16-10 e não teve reação do Sesi: 21-15 para o time celeste, que forçou o tie-break.
O tie-break foi excessivamente disputado. Os times foram até o 23º ponto após empate em 14-14. E justamente Lucão errou um saque e fez o Cruzeiro abrir 22-21. Em seguida, o bloqueio mineiro funcionou e o jogo acabou: 23-21. Antes, o Sesi havia tido algumas oportunidades de fechar o jogo, mas não aproveitou.



Bookmark and Share


TAGS » Vôlei