Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
10ºC
Amanhã
16º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

28/01/2014 08:58 - Atualizado em 28/01/2014 09:04

Nacional e Oriente Petrolero disputam vaga no grupo do Grêmio na Libertadores

Vencedor do duelo será o adversário na estreia do Tricolor na competição

O Grêmio começa a conhecer a partir da noite desta terça-feira, às 21h (de Brasília), o seu primeiro adversário na Copa Libertadores da América. Oriente Petrolero, da Bolívia, e Nacional, do Uruguai, dão o pontapé inicial ao torneio no estádio Ramón “Tahuichi” Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra. O confronto de volta está marcado para a próxima terça-feira, 4 de fevereiro, em Montevidéu.

Os dois times reformularam-se na virada de ano. O Nacional, depois de perder o Torneio Apertura na última rodada para o Danubio, iniciou as mudanças com a troca do comando técnico. Saiu Rodolfo Arruabarrena e chegou Gerardo Pelusso, que estava no comando da seleção paraguaia nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014.

Vieram para o time uruguaio também cinco reforços até o momento, a maioria considerada de peso no país vizinho: o goleiro Gustavo Munúa, da Fiorentina, os zagueiros Jorge Curbelo, do Godoy Cruz, e Sebastian Coates, do Liverpool, o volante Rinaldo Cruzado, do Newell’s Old Boys e o atacante Henry Giménez, do Bologna. Como a maioria foi incorporada após a reapresentação, apenas Curbelo virou titular até agora.

O Oriente Petrolero, se não bastasse a campanha fraca no segundo semestre, conquistando apenas a 12ª colocação no campeonato local, foi obrigado a mudar o elenco em virtude da crise financeira. Apenas no dia 21 a direção conseguiu quitar o último mês de salários atrasados. Ano passado teve que atuar quatro partidas com muitos juniores em virtude de uma greve dos titulares. O presidente Miguel Antelo renunciou e assumiu o vice José Alvarez.

A comissão técnica também mudou. Veio do Defensor, do Uruguai, o técnico Tabaré Silva. Cinco reforços foram contratados e quatro já assumiram uma vaga no time: o lateral Ronald Raldes e os volantes Alejandro Meleán, Juan Quero e Gualberto Mojica. Foi contratado também o atacante Federico Martínez.

Escalações

O Oriente Petrolero

Carlos Arias; Miguel Hoyos, Marvín Bejarano, Wílder Zabala e Ronald Raldes; Alejandro Melean, Juan Quero, Gualberto Mojica e Mariano Brau; Yasmani Duk e Alcides Peña.

Nacional
Jorge Bava; Pablo Álvarez, Jorge Curbelo, Andrés Scotti e Juan Manuel Díaz; Rafael García, Maximiliano Calzada, Richard Porta, Gonzalo Ramos e Carlos De Pena; Iván Alonso.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.