Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
13º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Brasileirão

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

29/01/2014 11:43

Advogado diz que Portuguesa tentou fazê-lo assumir erro no "caso Héverton"

Osvaldo Sestário disse estar disposto a mostrar seus registros telefônicos e bancários

O advogado da Portuguesa no julgamento do meia Héverton, Osvaldo Sestário resolveu se manifestar após declarações de Valdir Rocha, funcionário do jurídico do clube, que o acusou via imprensa de não ter informado o clube sobre a suspensão do jogador. Contou que Manoel da Lupa, ex-presidente da Lusa, e Valdir Rocha chegaram a lhe pedir que assumisse o erro da Portuguesa no caso.

"O nosso procedimento era de conversar no seguinte sentido: no julgamento do Gilberto (dia 2 de dezembro), eu pedi que ele viesse porque ele era importante para a equipe. Na verdade, quem faz essa avaliação é o clube, se vai mandar ou não. No caso do Gilberto, eles mandaram. No caso do Héverton, não. Fiz a defesa normal e durante o julgamento (do Héverton) o Valdir me ligou algumas vezes para saber do (pedido de efeito suspensivo) do Gilberto (que havia sido julgado e condenado dias antes), e eu logo já passei o resultado do Héverton", disse Osvaldo.

"O que eu nunca tinha falado, mas agora vou falar até porque ele (Valdir Rocha) também está falando um monte de coisas, é que quando eu passei o resultado (do julgamento) para ele, ele brincou e disse: 'O Héverton não tem problema, esse está indo embora, não joga nada, podia pegar dez ou vinte partidas' e falou para eu focar em colocar o Gilberto em campo" enfatizou.

A fim de provar sua inocência no caso, o advogado diz estar disposto a mostrar seus registros telefônicos e bancários. De acordo com Sestário, o promotor responsável pelo caso já entrou em contato e ele deve ser o último a depor no Ministério Público.

"Acho importante isso, vou colaborar com tudo que o Ministério Público quiser. O promotor disse que já tem toda a história, só falta me ouvir", contou.

Em decorrência da escalação de Héverton na partida contra o Grêmio, a Portuguesa acabou punida com quatro pontos, que custaram ao clube o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro.


Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.