Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 29/01/2014
  • 13:52

Assessoria divulga comunicado e Schumacher segue em estado crítico

Piloto completou 31 dias em coma induzido nesta quarta-feira

  • Comentários
  • Lancepress

Nesta quarta-feira, Michael Schumacher completa um mês em coma no Hospital Universitário de Grenoble, na França, após ter sofrido um acidente enquanto esquiava nos alpes franceses. Nesta data, a assessora de imprensa do heptacampeão de Fórmula 1, Sabine Kehm, decidiu se pronunciar.

Kehm enviou um comunicado à imprensa, mas não deu novas informações do estado do ex-piloto alemão. Desta forma, ele segue em estado crítico, e estável, conforme a última atualização dos médicos.

"Estou salientando novamente que qualquer declaração sobre a saúde de Michael (Schumacher) que não venha dos médicos que estão tratando dele ou de sua equipe deve ser considerada como especulação. E nós não vamos comentar nenhuma especualação", comunicou a assessoria.

Justamente nesta quarta-feira, a imprensa francesa informou que os médicos estão reduzindo os sedativos que mantêm Schumi em coma induzido, um indicativo de que ele está em processo de recuperação. Mas, conforme reiterou no comunicado, a assessoria de imprensa do alemão não comenta este tipo de informação.

Vale lembrar que Schumacher sofreu um traumatismo craniano no dia 29 de dezembro após uma queda que o fez bater a cabeça enquanto esquiava em uma pista não demarcada, nos alpes franceses. O heptacampeão mundial de F-1 já foi submetido a duas cirugias para o dreno de hematomas cerebrais e a redução da pressão intracraniana desde então.

O último boletim médico divulgado pela equipe que trata de Schumacher foi no dia 6 de janeiro, quando relataram que o estado dele é crítico, porém, estável.

Bookmark and Share