Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 30/01/2014
  • 00:38

Atlético-PR leva 2 a 1 do Sporting Cristal

Disputa vale uma vaga na fase de grupos da Libertadores

Disputa vale uma vaga na fase de grupos da Libertadores | Foto: Ernesto Bernavides / AFP / CP

Disputa vale uma vaga na fase de grupos da Libertadores | Foto: Ernesto Bernavides / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

O Atlético-PR estreou na Libertadores com derrota, por 2 a 1, contra o Sporting Cristal (PER), com uma formação duvidosa. Com Sueliton na articulação e Paulinho Dias na lateral. O nervosismo, aliado à falta de entrosamento, não foram uma boa combinação para o Rubro-Negro, especialmente no começo da partida. A comemorar, apenas o gol marcado fora de casa.

O primeiro tempo foi de amplo domínio dos peruanos. Tocavam a bola, envolviam a defesa adversária e a grande maioria dos lançamentos longos encontrava as costas dos laterais. O improvisado Paulinho Dias, pela direita, e o nervoso Natanael, pela esquerda, estavam mais perdidos do que cego em tiroteio. Assim nasceu o gol do Sporting. Após lançamento da zaga, a bola foi desviada no meio e o atacante Ávila, completamente sozinho, invadiu a área pela esquerda e tocou a bola entre as pernas de Weverton.

A vantagem peruana, no entanto, estava muito barata para o que foram os primeiros 45 minutos. A equipe da capital Lima criou inúmeras chances, que pararam nas mãos - e pés - do goleiro atleticano. Foi um baile.

Na etapa complementar, com as orelhas devidamente puxadas no vestiário, o Atlético-PR voltou muito melhor e chegou ao empate. Natanael sofreu pênalti que Éderson converteu aos dez minutos. Mas logo em seguida, o Sporting voltou à frente do placar, com Lobatón, também em cobrança de penalidade máxima. O Sporting Cristal ainda aplicou pressão imensurável nos últimos minutos, mas o placar não se alterou.

Bookmark and Share