Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 31/01/2014
  • 08:44
  • Atualização: 08:46

Grêmio minimiza atraso e projeta assinatura de novo contrato com OAS

Presidente Fábio Koff planeja firmar o novo vínculo de parceria com a construtora na próxima semana

  • Comentários
  • Lancepress

O contrato modificado entre Grêmio e OAS ainda não foi assinado. Mas a oficialização das mudanças no acordo que rege a parceria entre clube e construtora deve acontecer na próxima semana. O presidente do Grêmio, Fábio Koff, confirmou que ainda faltavam alguns documentos finais para que tudo pudesse ser firmado.

A assinatura do novo acerto estava marcada para esta quarta-feira. Mas a ausência de alguns documentos cartoriais e as revisões finais fizeram com que fosse necessário mais alguns dias. Koff não se incomoda com a demora para a assinatura.

"A confecção deste contrato só poderia ser feita após o término da vistoria de qualquer maneira. O que ocorreu apenas em setembro", comentou Koff ao sair de evento em que o Tricolor aderiu à campanha contra o crack.

Assim, o Grêmio deve iniciar sua mudança a partir da próxima semana. Tem três meses, ou seja, até maio deste ano, para finalizar a troca de sede. A partir daí, acontece a implosão do Olímpico e o Tricolor passa a trabalhar no CT do Humaitá no seu dia a dia. Se a conclusão das obras deste espaço atrasar, a mudança pode ser freada para que a estrutura do futebol seja protegida

O clube gaúcho terá um considerável desafogo em suas finanças por conta do novo contrato. O repasse anual para a Arena para que os sócios gremistas tenham acesso aos seus lugares diminui de R$ 42 milhões para R$ 12 no primeiro ano, com crescimento de R$ 3 mi para o segundo.


Bookmark and Share