Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 05/02/2014
  • 20:28
  • Atualização: 21:22

Nacional confirma jogos da Libertadores no Parque Central

Dirigentes uruguaios vão abdicar de receitas para mandar partidas a estádio com pressão

Nacional do Uruguai aposta no caldeirão do Parque Central | Foto: Miguel Rojo / AFP / CP

Nacional do Uruguai aposta no caldeirão do Parque Central | Foto: Miguel Rojo / AFP / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Sem esbanjar poderio financeiro como clubes do Brasil e alguns da Argentina, o Nacional do Uruguai investe na tradição "copera" para fazer boa campanha na Libertadores. Dirigentes do adversário do Grêmio na estreia da fase de grupos garantiram ao jornal El País, nesta quarta-feira, que a equipe vai jogar no caldeirão do Parque Central, apesar da capacidade menor que a do Centenário, em Montevidéu.

A intenção é concentrar a pressão em cima dos adversários, um pedido pessoal do técnico Gerardo Pelusso após a classificação na primeira fase em cima do Oriente Petrolero. A equipe de Recoba, Alonso e companhia abdicará de maioresa arrecadações na tentativa de chegar às finais. "A partir daí, poderemos analisar mudar os jogos para o Centenário", relatou a direção.


Bookmark and Share