Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 05/02/2014
  • 21:12
  • Atualização: 21:13

Pato e Douglas devem ser os primeiros a sair do Corinthians após invasão

Atacante já comunicou que não quer mais atuar pelo clube, pois se sente inseguro

  • Comentários
  • Lancepress

A ação violenta de cerca de cem torcedores no último sábado provocou reação imediata em alguns jogadores do Corinthians. Os dois primeiros que podem sair são o meia Douglas e o atacante Alexandre Pato – este um dos dois principais alvos das facções da torcida corintiana. O agente de Pato, Gilmar Veloz, afirmou que o jogador se sente inseguro e já o avisou que não quer continuar no clube.

Já um dos empresários de Douglas, Bruno Paiva, intermediou a negociação de seu cliente com o Vasco. O mesmo Paiva, com os sócios Marcelo Robalinho e Marcelo Goldfarb, levou a proposta de troca entre Jadson e Pato a São Paulo e Corinthians.

Questionado sobre a insegurança que os jogadores do Corinthians estão sentindo e o pedido do desligamento do clube, na última terça-feira, o diretor de futebol Ronaldo Ximenes minimizou as consequências da invasão do último sábado.

“Nenhum jogador pediu para sair. É óbvio que o que aconteceu deixou todo mundo desesperado, com clima de insegurança, inclusive eu. Eles pensaram isso, alguns imaginaram isso, mas foi descartado. Ninguém nos procurou para dizer isso (que quer sair). O clima está diferente, mas estamos superando. Isso não significa que esquecemos, vamos tomar as medidas que são necessárias”, afirmou.

Outros alvos das facções da torcida do Corinthians são os atacantes Emerson e Romarinho. O primeiro chegou a negociar com o Flamengo no fim de 2013 e início deste ano, mas decidiu continuar no Timão. Já Romarinho, depois das propostas que recebeu do Bayer Leverkusen (ALE) e do Shakhtar Donetsk (UCR), em julho do ano passado, não despertou interesse de nenhum clube.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Corinthians