Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 05/02/2014
  • 23:42
  • Atualização: 02:21

“No início temos que somar pontos”, diz Enderson

Técnico do Grêmio admite má atuação no primeiro tempo e afirma que vaias são “herança” de 2013

Enderson valoriza pontos ganhos no começo do Gauchão | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Enderson valoriza pontos ganhos no começo do Gauchão | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

  • Comentários
  • Rádio Guaíba e Correio do Povo

Pelo segundo jogo consecutivo, o Grêmio não realizou um bom primeiro tempo. Se contra o Juventude o Tricolor precisou buscar o resultado na etapa final, contra o Veranópolis, a equipe só venceu, com vantagem mínima, depois de considerável melhora nos minutos finais. Por ora, o técnico Enderson Moreira aprova a situação.

“Nesse inicio de temporada temos que somar pontos, isso vai ser importante para a sequência do campeonato. A gente não se entusiasma muito quando a gente ganha como foi com o Aimoré, também não vamos falar que está tudo errado”, argumentou o treinador, em entrevista coletiva após a vitória. “As coisas estão acontecendo no momento que podem acontecer.”

Enderson admitiu que não gostou muito do que viu no primeiro tempo. “Tivemos, na minha opinião, um jogo muito truncado, até feio. Parece que teve mais de 50 faltas e a coisa não caminhou tão bem assim, principalmente no primeiro tempo. No segundo tempo acho que nossa equipe voltou melhor com um pouco mais de velocidade”, comparou.

Irritação do torcedor vem de 2013, segundo Enderson

Para Enderson, as vaias ouvidas ao fim do primeiro tempo ainda são resquícios de 2013. “Essa irritação do torcedor não é de agora, desse momento. Tem coisas que aconteceram ano passado que eles trazem para o jogo, é algo natural”, analisou.

“A equipe tem demonstrado em muitos momentos um bom jogo, boa qualidade. Em alguns momentos a coisa não tem acontecido”, acrescentou Enderson. “Tecnicamente a gente precisa melhorar muito e vamos melhorar, estamos trabalhando para isso.”

Bookmark and Share