Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 06/02/2014
  • 00:35
  • Atualização: 01:03

"Empate seria o resultado correto", reconhece Abel Braga

Técnico do Inter comemorou vitória no final, mas criticou desorganização

Técnico do Inter comemorou vitória no final, mas criticou desorganização | Foto: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

Técnico do Inter comemorou vitória no final, mas criticou desorganização | Foto: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

A vitória nos acréscimos não "aliviou a barra" dos jogadores do Inter frente ao técnico Abel Braga. Ele criticou a falta de organização da equipe em vários momentos da partida e reconheceu o bom desempenho do Pelotas. "O empate seria o resultado mais correto", analisou ele, após o jogo na Boca do Lobo.

"Ganhamos e estamos contentes, mas não estava assim no intervalo, pois o time estava muito desorganizado", enfatizou Abel. "Eles tomaram uma dura muito grande no vestiário e daí melhorou no segundo tempo", revelou o treinador.

Ainda assim, o técnico viu bons aspectos no grupo reserva e fez elogios ao adversário pelas dificuldades impostas. "O Pelotas não merecia perder, precisa parabenizar esses jogadores, até por jogar em alto nível nesse calor", relatou o técnico.

O centroavante Wellington Paulista, além de passar em branco, levou um "puxão de orelha" do professor após da entrevista relatando que jogou pelos lados a pedido de Abel. "Se disse isso estava equivocado. Mandei ele jogar por dentro do campo, para abrir espaço para o Otavinho", contou o técnico.

Ainda assim, ele prometeu "matar no peito" os resultados negativos e abraçar o grupo. "Não vou queimar jogador se perde jogo. Jamais. Mas gosto de equipe organizada e tivemos que correr muito mais no primeiro tempo do que o necessário, por não estarmos bem postados em campo", avaliou.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter, Gauchão