Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 06/02/2014
  • 17:08
  • Atualização: 17:13

Clubes e CBF fazem acordo para não se beneficiarem na Justiça Comum

Dirigentes aproveitaram conselho técnico para definir ponto para o futuro

  • Comentários
  • Lancepress

Os 20 clubes da Série A do Brasileirão - o que não inclui a Portuguesa - e a CBF aproveitaram o conselho técnico desta quinta-feira para entrar em um acordo a fim de evitar futuros imbróglios jurídicos. Os dirigentes decidiram que não vão mais se beneficiar por decisões da Justiça Comum, ainda que torcedores entrem com processos.

"Temos que entregar um produto. Tem muito dinheiro envolvido no Brasileiro. Daqui para frente, os 20 clubes do futebol brasileiro não aceitarão demanda de torcida. Mesmo se o clube for beneficiado, as instituições vão se proteger para não cumprir a regra. Não é desobediência à Justiça. Temos um contrato a cumprir. Não falo de contratinho, é na casa do bilhão", afirmou o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil.

Segundo o mandatário do Galo, a decisão foi unânime e, em breve, o entendimento será colocado no papel. O vice-presidente de futebol do Inter, Marcelo Medeiros, completou: "É uma decisão responsável, para dar credibilidade ao futebol". 

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Esporte, CBF