Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 12/02/2014
  • 11:12
  • Atualização: 11:14

Veteranos do Grêmio dão conselhos e prometem "proteger" os mais jovens

Tricolor estreia contra Nacional na quinta, às 22h15min

Ramiro tem provável estreia na partida contra o Nacional desta quinta-feira | Foto: Lucas Uebel / Grêmio Oficial / CP

Ramiro tem provável estreia na partida contra o Nacional desta quinta-feira | Foto: Lucas Uebel / Grêmio Oficial / CP

  • Comentários
  • Lancepress

O Grêmio vai estrear na Copa Libertadores da América na próxima quinta-feira, às 22h15min, em Montevidéu, contra o Nacional. Junto com o Tricolor, alguns jogadores também farão a estreia na competição continental. Os jovens Wendell, Ramiro e Luan, prováveis titulares, estão entre eles. Os mais experientes da equipe, como Zé Roberto, Barcos e Edinho, dão conselhos aos garotos e dizem que "protegerão" os pupilos em campo.

Enquanto os companheiros levarem chegadas mais agressivas no ataque, Edinho admite que entrará um pouco mais forte nos rivais. O discurso já é manjado no mundo do futebol. E o elenco gremista é recheado de jovens. Estão relacionados para o jogo com os uruguaios, por exemplo, o atacante Everton, 17 anos, mais Maxi Rodríguez, Alán Ruiz, Everaldo, todos na casa dos 20 anos.

"Tem que chegar firme. Os árbitros deixam o jogo fluir mais um pouquinho. Não marcam qualquer falta. Temos conversado bastante com o Luan, que é um garoto. Ele vai tomar pancada mesmo, que os caras vão meter o dedo na cara dele. Mas que ele não tem que se assustar, tem que pegar a bola e ir para cima de novo. E acredito que ele vai fazer isso", explicou o volante de 31 anos.

Apesar dos conselhos, o meio-campista valoriza também a rodagem de jogadores da base, que atualmente disputam competições internacionais. O meia Zé Roberto é um dos gurus do elenco e passa experiência para os mais jovens ficarem tranquilos em situações de mais pressão, como o Tricolor enfrentará nesta quinta, no Parque Central. "Sabemos que Libertadores é difícil. Enfrenta jogadores de outros países, outras culturas. Mas sabemos o que fazer", relatou o lateral-esquerdo Wendell, um dos estreantes.

"Todo jogo de Libertadores é difícil, jogos truncados, não bonitos de ver na televisão. Mas a rapaziada está focado no jogo, temos conversado com os mais jovens. O Zé é muito experiente e tem passado isso para todo mundo. Na Libertadores tem que estar sempre focado, nivel de competição tem que ser altíssimo", completou Edinho.

O Tricolor está em Montevidéu desde a tarde desta terça-feira. Nesta quarta, fará o reconhecimento do gramado do Parque Central. O grupo conta com 20 jogadores - a tendência é que Enderson Moreira repita o time do Gre-Nal, com três volantes.


Bookmark and Share


TAGS » Grêmio, Futebol