Correio do Povo

Porto Alegre, 18 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
21ºC
Amanhã
16º 23º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Seleção Brasileira

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

13/02/2014 09:34 - Atualizado em 13/02/2014 09:46

Leandro Damião mantém sonho de jogar a Copa

Felipão convocará dois atacantes e um goleiro no dia 24 para o último amistoso antes do Mundial

Jogador  busca vaga na seleção brasileira<br /><b>Crédito: </b> Ricardo Saibun/ Divulgação Santos FC /CP
Jogador busca vaga na seleção brasileira
Crédito: Ricardo Saibun/ Divulgação Santos FC /CP
Jogador busca vaga na seleção brasileira
Crédito: Ricardo Saibun/ Divulgação Santos FC /CP

Serão só três jogos pelo Santos até o dia 24, quando Luiz Felipe Scolari convocará os três jogadores restantes para o último amistoso da Seleção Brasileira, contra a África do Sul: um goleiro e dois atacantes. Leandro Damião vive a expectativa de estar na lista.

"Para o Felipão, tem de ter um 9. O Brasil está bem servido de centroavantes. Quero trabalhar para chegar na Seleção bem, ter a oportunidade de voltar. Nesse mês que fiquei sem jogar, treinei bastante para ficar bem fisicamente e trabalhar fundamentos", disse ao Arena SporTV.

Contra o Comercial, na quarta-feira, Damião deu assistência para Geuvânio e mostrou a movimentação que o técnico da Seleção quer ver – embora ainda não tenha feito gols. "Gosto de atacante de área participativo, bom na bola aérea e que cumpra papel tático para que outro tenha mais opções",  disse Scolari.

Com o jogo decidido, os companheiros passaram a procurar o camisa 9 dentro da área com cruzamentos seguidos. Além disso, Oswaldo de Oliveira encheu o time de atacantes para criar ainda mais chances. Uma ajuda que será vital neste início:

"Acham que só porque ele treinou dois meses, está melhor que todo mundo. Não é assim, ele está sem jogar. Temos um planejamento para alcançar esse alto rendimento. Os atletas precisam geralmente de seis a oito jogos. Ele fez só dois", lembra o preparador Ricardo Rosa.

Fred, titular da Seleção, mas incógnita em termos físicos, é um concorrente forte. Assim como Jô, que correspondeu quando disputou a Copa das Confederações em 2013, exatamente na vaga de Damião, que foi cortado após lesão. 


Bookmark and Share


Fonte: Lancepress







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.