Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 16/02/2014
  • 17:45
  • Atualização: 17:55

Brasileiras do bobsled sofrem acidente em treino

Trenó com dupla tombou, chegou a ficar invertido e as atletas de cabeça para baixo

Brasileiras do bobsled sofrem acidente durante treino | Foto: Lionel Bonaventure / AFP / CP

Brasileiras do bobsled sofrem acidente durante treino | Foto: Lionel Bonaventure / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

As brasileiras Fabiana dos Santos e Sally Mayara sofreram um acidente feio durante treino do bobsled neste domingo, mas passam bem e devem competir normalmente nos Jogos de Inverno de Sochi. A prova está marcada para a próxima terça-feira.

O acidente aconteceu na saída de uma das curvas, quando o bobsled com a dupla tombou e acabou percorrendo boa parte da pista de lado. Em um trecho, o trenó chegou a ficar invertido, com as duas atletas de cabeça para baixo.

Apesar do acidente feio, elas deixaram o trenó sem aparentar incidentes. Fabiana chegou a demonstrar certa tontura, depois de raspar a cabeça, com capacete, na borda da pista. As duas saíram caminhando da pista e foram encaminhadas para um procedimento padrão, segundo informou o presidente da Confederação Brasileira de Desportos no Gelo, Emilio Strapasson.

"Estão tranquilamente bem, não foram para o hospital, seguiram um procedimento padrão. A atleta que virou o trenó passa por uma checagem. Não aconteceu absolutamente nada", afirmou o dirigente, em entrevista ao Sportv.

Já A brasileira Isabel Clark não conseguiu passar do 14º lugar na prova do snowboard cross, nos Jogos de
Inverno de Sochi, neste domingo. Ela sofreu uma queda durante as eliminatórias e acabou sendo eliminada nas quartas de final. A medalha de ouro ficou com a checa Eva Samkova.

Isabel se destacou no início da prova ao ser a 12ª mais rápida na tomada de tempo. No entanto, acabou perdendo a
concentração durante a disputa logo depois que a francesa Charlotte Bankes sofreu uma queda em sua frente. A brasileira escorregou e perdeu a chance de avançar à semifinal, o que teria acontecido caso tivesse mantido a 12ª posição.

"Foi uma pena ter caído, se não tivesse caído, eu estaria classificada para as semifinais. E ali foi um salto grande, uma aterrissagem dura e eu me desconcentrei um pouco, porque uma atleta caiu na minha frente", comentou a brasileira, ao Sportv, logo após o seu salto.

Com o resultado, em sua terceira Olimpíada da carreira, Isabel acabou ficando aquém do 9º lugar conquistado nos Jogos de Turim, em 2006. A posição dentro do Top 10 foi o melhor resultado obtido por um brasileiro em uma Olimpíada de Inverno.

Bookmark and Share