Porto Alegre, quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

  • 16/02/2014
  • 18:28
  • Atualização: 18:31

Corinthians e Palmeiras ficam no empate no primeiro Dérbi de 2014

Equipes fecharam placar em 1 a 1 no Pacaembu

  • Comentários
  • Lancepress

Corinthians e Palmeiras empataram por 1 a 1 no primeiro Dérbi do ano. Neste domingo, no Pacaembu, Romarinho abriu o placar pelo Timão e marcou o quinto gol de sua trajetória no clube contra o rival, mas Alan Kardec, em forte cabeçada, empatou o duelo. O time do Parque São Jorge agora está há seis jogos sem vencer, enquanto o Verdão continua invicto na temporada que marca o seu centenário.

Na próxima rodada, na quarta-feira, às 22h, o Alvinegro volta a campo às 22h, no Teixeirão, para visitar o Oeste. No mesmo dia e no mesmo horário, o Alviverde recebe o Ituano, novamente no Pacaembu.

Apesar do clima tenso que marca o início de todo clássico, as duas equipes tiveram chances de gol no primeiro tempo. O Palmeiras criou primeiro em bola parada: após cruzamento de Mazinho, Valdivia não conseguiu dar direção à cabeçada. O Corinthians respondeu com Fagner, que arriscou de longe e, após desvio de Juninho, assustou Fernando Prass.

A melhor chance dos mandantes na etapa veio aos 22 minutos. Após cruzamento de Bruno Henrique, Romarinho tentou o desvio e a bola sobrou para Guerrero, que, livre, na pequena área, errou o chute de pé direito. Três minutos depois, foi a vez do Verdão assustar com Mazinho, que recebeu grande passe de Valdivia e, dentro da área, chutou de pé esquerdo, mas parou na defesa de Cássio.

O segundo tempo começou equilibrado. Logo no segundo minuto, Jadson recebeu passe da esquerda e, da entrada da área, bateu com perigo, à direita do gol de Prass. Em seguida, Guilherme invadiu a área pela direita e bateu cruzado, acertando o travessão.

Aos quatro, Leandro recebeu passe de Mazinho dentro da área e tentou bater forte, mas a bola subiu muito. Três minutos depois, Romarinho começou a aparecer para o jogo. O carrasco do Palmeiras teve oportunidades aos 4, quando a bola sobrou para ele dentro da pequena área após falha de Marcelo Oliveira, e aos 11, quando invadiu a área sozinho. Nas duas, parou em defesas de Prass. O goleiro voltou a brilhar aos 12, quando Guerrero tentou colocar e perdeu grande chance.

Mas seria, claro, Romarinho quem abriria o placar. Aos 15 minutos, após tabela pela direita e cruzamento de Fagner, o atacante só teve o trabalho de tocar de pé direito para marcar mais uma vez contra seu adversário predileto. Porém, o Palmeiras foi buscar o empate. Poucos segundos após entrar, aos 37 do segundo tempo, Diogo acertou um cruzamento perfeito para Alan Kardec, que, dentro da área, cabeceou com potência para marcar pelo Verdão, dando números finais à partida.

Bookmark and Share