Correio do Povo

Porto Alegre, 3 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
14º 21º


Faça sua Busca


Esportes > Fórmula 1

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

17/02/2014 08:12 - Atualizado em 17/02/2014 08:35

Investigação não aponta para infração no acidente de Schumacher

Promotoria eximiu a estação de esqui de qualquer responsabilidade pela queda do ex-piloto

Promotor isentou estação de esqui de culpa pelo acidente de Schumacher<br /><b>Crédito: </b> Jean Pierre Clatot / AFP / CP
Promotor isentou estação de esqui de culpa pelo acidente de Schumacher
Crédito: Jean Pierre Clatot / AFP / CP
Promotor isentou estação de esqui de culpa pelo acidente de Schumacher
Crédito: Jean Pierre Clatot / AFP / CP

O acidente de esqui sofrido em 29 de dezembro pelo heptacampeão de Fórmula 1 Michael Schumacher não foi provocado por nenhuma infração, afirmou nesta segunda-feira o promotor que investiga o caso, Patrick Quincy. Ele ainda eximiu a estação de esqui de Maribel de qualquer responsabilidade pela queda do ex-piloto, que segue internado no hospital de Grenoble, na França.

• Schumacher superou infecção pulmonar, diz jornal alemão

"Ninguém cometeu nenhuma infração. O acidente aconteceu em uma zona fora de pista. A sinalização, o balizamento e a informação dada sobre os limites da pista estavam de acordo com as normas francesas vigentes", disse Quincy.

A decisão da promotoria, no entanto, não impede a família do ex-piloto alemão de iniciar eventuais ações judiciais na esfera civil. O promotor afirmou que a investigação judicial iniciada em 29 de dezembro sobre as causas e circunstâncias do acidente de esqui foi arquivada em 12 de fevereiro.

Na quinta-feira, a família do heptacampeão mundial afirmou que continua acreditando muito na recuperação de Schumacher, que está sendo retirado do coma de maneira gradual. A porta-voz da família, Sabine Kehm, afirmou que Schumacher "segue em uma fase de despertar". Após o acidente, o ex-piloto foi colocado em coma induzido.

O maior vencedor da história da Fórmula 1, de 45 anos, sofreu uma queda quando esquiava ao lado do filho e de amigos em Meribel. Schumacher bateu com a cabeça em uma pedra. Ao ser internado no hospital de Grenoble tinha lesões craniana "difusas e graves".

Bookmark and Share

Fonte: AFP






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.