Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 20/02/2014
  • 14:43
  • Atualização: 14:54

Atletas ucranianos decidem permanecer nos Jogos de Inverno

Competidores queriam abandonar Sochi após confrontos no país

  • Comentários
  • Lance Press

O presidente do Comitê Olímpico da Ucrânia (COU), o campeão olímpico no salto com vara, Sergey Bubka, informou que os atletas do país não mais abandonarão os Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, por causa dos conflitos no país. Mas, um deles, o esquiador alpino Bohdana Matsotska e seu técnico, Oleh Matsotsky, asseguraram que não vão participar do esqui alpino, na prova de slalom, na sexta-feira.  "Estamos profundamento preocupados com os acontecimentos trágicos e a violência na Ucrânia. Mas a equipe olímpica ucraniana vai continuar a participar de Sochi. Compartilho a visão comum de que os atletas estão represetando a Ucrânia nos Jogos e promovendo a missão de unir o país neste momento", escreveu, em nota, o presidente do COU.

Apesar do acordo para que os atletas que ainda têm competição permaneçam em Sochi, o esquiador Matsotska disse que não vai participar da prova de slalom, na sexta-feira, em solidariedade às mortes na Ucrânia. Mas tanto ele quanto o seu técnico aceitaram continuar na Rússia para participarem da Cerimônia de Encerramento dos Jogos, no domingo. "A equipe olímpica da Ucrânia mais uma vez expressa condolências profundas a todas as vítimas dos distúrbios no nosso país. Os atletas ucranianos choram junto com os seus compatriotas e estão pendurando fitas pretas nas bandeiras de nosso país nas vilas olímpicas", encerrou Bubka.

Bookmark and Share