Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 21/02/2014
  • 11:07
  • Atualização: 11:21

Mesmo antes de jogar, Luan rende R$ 6 milhões ao Grêmio

Atacante teve 10% dos direitos econômicos trocados por 30% de Alex Telles

Garoto Luan tem sido destaque do Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

Garoto Luan tem sido destaque do Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

  • Comentários
  • Lancepress

Luan é uma realidade no Grêmio. Depois de partidas pelo time sub-20, reservas e titulares, o garoto de 20 anos hoje é unanimidade entre a torcida e recebe elogios constantes de companheiros e do técnico Enderson Moreira. Mas o que poucos sabem é que antes mesmo de entrar em campo, o jovem já rendeu R$ 6 milhões aos cofres do clube gaúcho.

O valor corresponde à transferência do lateral-esquerdo Alex Telles para o Galatasaray, da Turquia. Os investidores que ajudaram na compra do jogador junto ao Juventude receberam 10% dos direitos econômicos em troca de 30% dos direitos do lateral. Assim, o Tricolor ficou com 40% do jogador ao final de 2013 e lucrou com a sua venda aos turcos próximo dos R$ 8 milhões. Ou seja, 30% deste montante corresponde aproximadamente a R$ 6 milhões.

O garoto é fruto de um trabalho especial da diretoria. O coordenador geral das categorias de base, Júnior Chávare, acompanhava o atacante. O Tricolor resolveu fazer o investimento, considerado baixo, e o comprou da Catanduvense. Até os 18 anos, Luan jogava futsal. E por isso, passou por um período de adaptação ao clube gaúcho. Demorou seis meses para jogar a primeira partida. Chegou em fevereiro e só foi entrar em campo em agosto. Sua primeira partida como titular foi em setembro do ano passado.

Foi durante este período, no projeto Lapidar, que os profissionais gremistas modificaram a posição de Luan. O jogador chegou como último atacante. Era o centroavante da equipe, embora muito franzino. Pela qualidade técnica e pelo arremate, resolveram recuar o jovem para ser o meia centralizado do 4-2-3-1. Atualmente, joga pelos lados neste esquema e seus derivados - o que denota uma necessidade de acompanhar o lateral adversário. A cultura tática é um dos pontos elogiados internamente. “Ele (Luan) não fala muito, mas é um garoto tranquilo sabe da responsabilidade que é jogar no Grêmio. Tem o pé no chão, e isso é o mais importante”, elogiou o capitão Hernán Barcos.

O comportamento do garoto também não preocupa a diretoria. Luan é visto como um atleta tranquilo, que prefere o videogame a sair de casa. Ainda assim, é acompanhado por um psicólogo e um psicólogo do esporte. O seu vínculo vai até dezembro de 2017 com o clube. O salário ainda é de jogador que está "em transição" das categorias de base para os profissionais.

Bookmark and Share


TAGS » Grêmio, Futebol, Esporte