Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
12º 22º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/02/2014 18:57 - Atualizado em 23/02/2014 19:16

“Alguns clubes têm facilidade para ter pênalti a favor”, diz dirigente

Roberto Melo reclamou da arbitragem em partida do Inter contra Veranópolis

Inter foi derrotado pelo Veranópolis neste domingo<br /><b>Crédito: </b> Alexandre Lops / Divulgação / CP
Inter foi derrotado pelo Veranópolis neste domingo
Crédito: Alexandre Lops / Divulgação / CP
Inter foi derrotado pelo Veranópolis neste domingo
Crédito: Alexandre Lops / Divulgação / CP

Apesar de tanto o técnico Abel Braga quanto o diretor Roberto Melo evitarem colocar no árbitro Francisco da Silva Neto a culpa pela derrota para o Veranópolis neste domingo, a arbitragem foi o assunto mais falado no vestiário colorado. O diretor chegou a dar uma leve cutucada no Grêmio. Mesmo sem citar o rival, Melo reclamou que o Inter ainda não teve nenhum pênalti marcado a seu favor no Gauchão enquanto “alguns clubes têm facilidade” nesse quesito.

• Alan Patrick diz que árbitro admitiu que deu pênalti para Inter e voltou atrás

“Não vou dizer que ele (árbitro) foi o culpado. Mas ficou claro que ele teve erros na partida. Impressionante a dificuldade para marcarem pênaltis a nosso favor. Contra teve até árbitro que deu pênalti sem ter visto, auxiliado por bandeira, por juiz de trás do gol. A nosso favor é uma dificuldade incrível marcar pênalti. Nunca vi um juiz apontar para a marca e voltar atrás. Alguns clubes parece que têm mais facilidade para ter pênalti marcado”, declarou Roberto Melo.

Questionado se estava falando do Grêmio, Melo desviou o assunto e apenas disse que tem observado outros clubes terem bastante pênaltis a favor. “A gente vê toda hora lances de pênaltis. Nós não tivemos nenhum pênalti marcado e vendo outros jogos se nota que tem time que toda hora tem um marcado”, seguiu.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.