Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Abril de 2014


Porto Alegre
Agora
20ºC
Amanhã
16º 24º


Faça sua Busca


Esportes

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/02/2014 14:31 - Atualizado em 26/02/2014 14:40

Técnico do Atlético-PR pede calma para entrada de Adriano

Atacante não gostou de ter atuado poucos minutos na derrota para o Velez

Miguel Ángel Portugal voltou a pedir calma quando o assunto é ver o Imperador em campo durante mais tempo<br /><b>Crédito: </b> Juan Mambromata / AFP / CP
Miguel Ángel Portugal voltou a pedir calma quando o assunto é ver o Imperador em campo durante mais tempo
Crédito: Juan Mambromata / AFP / CP
Miguel Ángel Portugal voltou a pedir calma quando o assunto é ver o Imperador em campo durante mais tempo
Crédito: Juan Mambromata / AFP / CP

O atacante Adriano não escondeu a insatisfação por ter entrado apenas aos 37 minutos do segundo tempo na derrota do Atlético-PR para o Vélez Sarsfield, na noite dessa terça-feira. Miguel Ángel Portugal, técnico do Furacão, voltou a pedir calma quando o assunto é ver o Imperador em campo durante mais tempo.

"Penso que, com Adriano, temos que ter calma e tranquilidade para que ele possa fazer boas coisas para o time. Jogou alguns minutos na primeira partida. Hoje (última terça) jogou mais minutos", disse o treinador, em entrevista coletiva, antes de completar: "Ele está com muita alegria e muita vontade para fazer bem as coisas. Hoje (última terça) esteve melhor".

O zagueiro Moanoel, um dos líderes do elenco atleticano, comentou sobre os poucos minutos de Adriano contra o Vélez. O desejo dos demais jogadores do Furacão, segundo ele, é ver o Imperador em campo por mais tempo.

"É difícil falar. A gente queria que ele entrasse mais, mas temos que respeitar o professor. Durante o treinamento ele fica sempre falando que está com vontade de jogar, fazer gol. Mas o professor é quem manda e quem a gente deve respeitar", destacou o zagueiro, ao deixar o gramado do José Amalfitani.

Adriano debutou pelo Atlético ao somar oito minutos em campo na vitória do Furacão contra o The Strongest, da Bolívia, na estreia do rubro-negro na fase de grupos da Libertadores. Ele, no entanto, conseguiu apenas cobrar um lateral. Já diante do Vélez, o camisa 30 atleticano foi o alvo de um cruzamento dois minutos após entrar em campo, mas, de cabeça, mandou a bola por cima do gol de Sosa.

Bookmark and Share




Fonte: Lancepress!







O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.