Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 01/03/2014
  • 17:12
  • Atualização: 17:13

Números comprovam que ataque é a prioridade do time de Abel Braga

Ofensivo, treinador do Inter ainda busca arrumar marcação no meio-campo

Inter tem média de dois gols por partida no Gauchão | Foto: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

Inter tem média de dois gols por partida no Gauchão | Foto: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

  • Comentários
  • Fabrício Falkowski / Correio do Povo

O Inter marcou 24 gols em 12 partidas do Campeonato Gaúcho. Mais que retratar a boa pontaria dos atacantes colorados, os números confirmam a vocação ofensiva dos times treinados por Abel Braga. “O Inter joga para frente, joga de forma ofensiva. Mas como toda equipe que atua assim, também corre riscos”, afirmou o treinador na noite de sexta-feira, instantes após a vitória do seu time sobre o Esportivo, no Estádio do Vale, por 3 a 0.

Equilibrar a formação, reforçar também a defesa, sobretudo a marcação no meio-campo, é uma das principais preocupações de Abel no momento. Willians, no Gauchão, onde o Inter não é tão atacado, tem dado conta do recado como primeiro volante. Ygor, porém, está recuperado de lesão e terá mais chances na equipe. Nessa sexta, ele entrou no segundo tempo e ganhou elogios de Abel. “Ele é experiente e sabe exatamente o que fazer naquele setor”, afirmou o treinador.

O grupo colorado está de folga desde que terminou o jogo contra o Esportivo. Os jogadores voltam ao trabalho somente nesta segunda-feira. Antes do início do período de descanso, porém, não houve recomendações especiais por parte do treinador. “Eles ganharam dois dias de folga, o que é muito justo. Vão ter sábado e domingo para descansar. Mas não fico dizendo o que eles têm de fazer. Todos sabem que precisam se apresentar na segunda-feira, treinar e jogar na quarta”, finalizou Abel Braga.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter, Esporte