Porto Alegre, sábado, 1 de Novembro de 2014

  • 01/03/2014
  • 19:06
  • Atualização: 19:23

Enderson reclama do campo, mas admite mérito do SP

Técnico afirmou que derrota do Grêmio em Rio Grande não significa que “tudo está errado”

  • Comentários
  • Correio do Povo

O gramado ruim e cheio de poças do estádio Aldo Dapuzzo, em Rio Grande, foi o principal alvo da comissão técnica após a derrota para o São Paulo-RG por 2 a 1 na tarde deste sábado, pelo Gauchão. Em entrevista coletiva, o técnico Enderson Moreira criticou as condições do campo, mas reconheceu que o adversário soube se portar melhor diante das adversidades.

“Era um campo que poderia trazer graves consequências e colocou em risco a integridade dos atletas. Mas queríamos trazer os jogadores para um lugar que as pessoas há muito tempo não acompanhavam o Grêmio”, comentou o treinador, lembrando que o último jogo entre os dois times havia ocorrido há 20 anos.

Apesar das críticas ao gramado, Enderson admitiu que a atuação do Tricolor ficou aquém das expectativas. “Não quero tirar o mérito do São Paulo, porque o gramado estava ruim para os dois times. Eles souberam tirar melhor proveito. O nosso time todo teve uma atuação que não estamos acostumados”, acrescentou.

“Evidente que alguns atletas não se sentem totalmente seguros com o gramado nestas condições, por causa de uma eventual lesão”, completou. O técnico também advertiu que não se pode fazer uma tempestade por causa de uma derrota: “A gente não pode perder um jogo e achar que tudo está errado. Da mesma forma que sabemos ganhar, temos que saber perder. Nossa equipe veio para jogar futebol e fazer o melhor”.


Bookmark and Share


TAGS » Grêmio, Futebol, Esporte