Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 05/03/2014
  • 15:57
  • Atualização: 16:23

Brasil goleia a África do Sul no último teste antes da Copa

Neymar marcou três e liderou a vitória da Seleção por 5 a 0 em Joanesburgo

  • Comentários
  • Laion Espíndula / Correio do Povo

No último amistoso antes da convocação para a Copa do Mundo, o Brasil goleou a África do Sul por 5 a 0 na tarde desta quarta-feira, no estádio Soccer City, em Joanesburgo. Apesar de o adversário nem estar classificado para o Mundial, o time canarinho mostrou que tem um grupo bem entrosado e com jogadas de velocidade.

A 100 dias da Copa no Brasil, Neymar brilhou e liderou a goleada da equipe do técnico Luiz Felipe Scolari. O atacante do Barcelona marcou três gols na partida. O meia Oscar e o volante Fernandinho também balançaram as redes.

África joga aberto e Oscar abre o placar

Os primeiros minutos já indicavam que a Seleção Brasileira não teria dificuldade para bater a África do Sul. Ingênuo, o adversário partiu para o ataque desde o apito inicial e deixou espaços abertos na defesa. O time canarinho aproveitou o posicionamento e apostou nas jogadas de velocidade e lançamentos.

Aos quatro minutos, Fred recebeu na área e ajeitou de cabeça para o meia Oscar. Ele tentou um forte chute, mas a conclusão foi em cima da zaga. Na sequência, Neymar pegou a defesa de surpresa e lançou Paulinho na direita. O volante levantou para Fred, que concluiu para fora.

O gol dos brasileiros saiu em um lançamento em profundidade, com apenas nove minutos de partida. Oscar recebeu a pelota atrás dos defensores e tocou na saída do goleiro. A partir daí, os sul-africanos se jogaram ainda mais para o setor ofensivo, dominando boa parte do duelo. A Seleção ficou mais recuada, administrou os lances do oponente e apostou ainda mais nos contragolpes. Aos 14 minutos, os donos da casa conseguiram uma boa conclusão, por cima da meta.

Como resposta, o Brasil acionou Neymar por trás da defesa. O camisa 10 chegou a passar pelo goleiro, só que perdeu o ângulo e tocou para fora. Aos 29, Neymar novamente incomodou os sul-africanos. O atacante cortou o marcador na intermediária e partiu livre diante do goleiro. Ele tentou o gol por cobertura, mas Williams acertou um tapinha na bola e desviou para escanteio.

Mesmo que a posse de bola ficasse mais o time africano, era a Seleção quem chegava com mais perigo na frente. No final, Neymar avançou livre e poderia passar para Fred, que estava sem marcação. Mas ele tentou a jogada individual e foi desarmado. Na marca dos 40 minutos, o craque disparou em velocidade da intermediária e e não desperdiçou. Na cara do gol, bateu cruzado e a bola passou no meio das pernas do goleiro.

Segundo tempo mal começa e Neymar faz 3 a 0

O Brasil mudou para o segundo tempo. Com a nova camisa reserva, que exibe listras horizontais em diferentes tons de azul, a Seleção entrou em campo para os 45 minutos finais. E, com uma pintura de gol, Neymar abriu o caminho para a goleada no início da etapa final. Antes de o relógio apontar um minuto, Fred aproveitou bobeira da zaga adversária e deixou o companheiro de ataque sozinho. O atacante do Barça viu que o goleiro se adiantou e tocou por cobertura.

O terceiro gol desanimou ainda mais o oponente. A equipe canarinho passou a administrar ainda mais o duelo e trocar passes. Aos sete minutos, a África armou um cruzamento rasteiro na pequena área, mas David Luiz chegou forte e afastou.

O goleiro Julio César teve seu primeiro trabalho aos 17 minutos. Num chute da marca do pênalti, o arqueiro mostrou que está em dia e evitou o gol de honra com um tapa salvador.

A África do Sul cansou e o Brasil passeou na parte final do duelo. Aos 29, Daniel Alvez recebeu livre no lado esquerdo e tinha Jô sozinho como opção. Mas preferiu a finalização, defendida por Williams. Fernandinho mostrou que merece um lugar na Seleção com um golaço aos 33 minutos. O volante dominou fora da área e fuzilou. A bola foi no ângulo.

E ainda cabia mais. Quando a torcida começava a deixar o estádio, Neymar deixou a sua terceira marca na partida. Aos 45, Daniel Alves cruzou, Jô tocou de cabeça e a bola sobrou para o camisa 10 encerrar a bela apresentação brasileira: 5 a 0.

Amistoso

África do Sul 0
Williams; Nthete, Ngcongca, Khumalo e Matlaba; Furman, Jali (Zungu), Claasen (Ndlovu) e Serero; Parker e Rantie (Manyisa). Técnico: Gordon Igesund.

Brasil 5
Julio César; Rafinha, David Luiz (Dante), Thiago Silva e Marcelo (Daniel Alves); Fernandinho, Paulinho (Luiz Gustavo), Hulk (Willian), Oscar (Ramires) e Neymar; Fred (Jô). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Gols: Oscar (9min/1ºT), Neymar (40min/1ºT, 1min/2ºT e 45min/2ºT) e Fernandinho (33min/2ºT).
Cartões amarelos: Ramires (BRA).

Árbitro: Antonio Caxala (ANG).
Auxiliares: Jerson dos Santos e Julio Gonçalves da Silva Lemos (ANG).
Local: Soccer City, em Joanesburgo (AFS).

Bookmark and Share