Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 06/03/2014
  • 10:53
  • Atualização: 11:12

Rafael Moura reclama de “arrogância” da arbitragem

Atacante do Inter disse que “faltou respeito” por parte do juiz e auxiliar contra o São José

Rafael Moura criticou postura da arbitrgem | Foto: Alexandre Lops / Inter / CP

Rafael Moura criticou postura da arbitrgem | Foto: Alexandre Lops / Inter / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O atacante Rafael Moura criticou a postura da arbitragem no empate do Inter com o São José por 1 a 1 nessa quarta-feira, no Estádio do Vale, pela 12ª rodada do Campeonato Gaúcho. Autor do único gol colorado, o He-Man admitiu que o desempenho do Colorado ficou abaixo do esperado, mas reclamou da arrogância do auxiliar da partida, Paulo Conceição.

“É difícil externar o que ele falou para mim via imprensa. Foi sobre uma coisa de jogo, mas ele foi de uma arrogância incrível. É uma falta de respeito que não condiz com o esporte”, esbravejou o centroavante.

Apesar de reconhecer a má atuação da equipe, Rafael Moura ressaltou que o empate diante do Zequinha não foi um resultado ruim. “A gente jogou abaixo do que vinha jogando. Dos males, o menor. Nós, titulares, continuamos sem perder no Gauchão”, ressaltou. “Da partida ficou o sentimento que a gente nunca pode desistir, tem que lutar até a última bola”, acrescentou.

O atacante também elogiou o colega de ataque Wellington Paulista. “Ele é um cara sensacional, de grupo e, quando entra, facilita bastante o jogo. Vai nos ajudar bastante, não vai ser diferente”, comentou o jogador.

A arbitragem também foi alvo de reclamações do meia Alex, que reclamou de um pênalti não marcado no lance em que Jorge Henrique cruzou e a bola desviou na mão do zagueiro dentro da área. “A gente fala porque parece que todo mundo tem pênalti e a gente não. E foi pênalti o que aconteceu”, observou.


Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter, Esporte