Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
15ºC
Amanhã
17º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

12/03/2014 10:18 - Atualizado em 12/03/2014 10:35

Time titular do Inter não vence sem D’Ale desde 2012

Última vitória com desfalque do camisa 10 ocorreu há 518 dias

Inter tenta quebrar jejum sem D´Ale<br /><b>Crédito: </b> Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP
Inter tenta quebrar jejum sem D´Ale
Crédito: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP
Inter tenta quebrar jejum sem D´Ale
Crédito: Alexandre Lops / Divulgação Inter / CP

O que o Inter vai tentar fazer na noite desta quarta-feira, no Estádio Mangueirão, fez pela última vez em 10 de outubro de 2012. Mais de um ano atrás. Essa foi a data da última vitória do time titular do Colorado sem a presença do camisa 10 D'Alessandro em campo, que não jogará na estreia na Copa do Brasil, contra o Remo.

• Objetivo colorado é definir confronto com Remo nesta noite

Na data, o Inter venceu o Atlético-MG no Beira-Rio por 3 a 0. Naquela mesma competição, ainda enfrentou o Náutico sem a presença do meia. Derrota por 3 a 0. Desde o confronto com o Galo, nenhuma vitória. Em 2012, D'Ale enfrentou uma série de problemas físicos e pouco jogou, assolado com lesões musculares.

Em 2013, o quadro foi modificado. Jogador da confiança de Dunga, o camisa 10 atuou em praticamente todos os jogos do ano. Perdeu apenas seis: dois pelo Gauchão - empates com Cruzeiro e São José -, dois pela Copa do Brasil - empates com Santa Cruz e Salgueiro-PE - e três derrotas no Brasileirão - para Náutico, Bahia e Cruzeiro. “Vamos fazer o que temos de fazer, com ou sem ele. Gostaria de ter esse jogador símbolo, que tem identificação com o clube, com a torcida, com os colegas, que não se poupa. Mas vamos procurar jogar bem e fazer uma vitória”, disse o técnico Abel Braga, sobre a ausência do gringo.

Nos últimos anos, D'Ale acabou se tornando referência da equipe. Não só como capitão, fora de campo, mas dentro. O Inter não mantém o mesmo nível sem o argentino. Para amenizar a ausência do meia, o apoiador Aránguiz retorna após servir ao Chile e entra na vaga aberta pelo argentino. Alan Patrick, titular na última partida dos titulares no Gauchão justamente no lugar do chileno, fará a função de D'Ale, pela direita.

Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.