Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
11º 19º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

16/03/2014 18:15 - Atualizado em 16/03/2014 18:35

"Inter foi mais ou menos", diz Abel ao admitir que empate seria justo

Técnico alertou que qualquer erro pode custar caro nas quartas de final do Gauchão

Técnico alerta que qualquer erro pode custar caro nas quartas de final do Gauchão<br /><b>Crédito: </b> Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP
Técnico alerta que qualquer erro pode custar caro nas quartas de final do Gauchão
Crédito: Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP
Técnico alerta que qualquer erro pode custar caro nas quartas de final do Gauchão
Crédito: Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP

O técnico Abel Braga fez alguns testes com o grupo do Inter, mas mesmo com a vitória sobre o Lajeadense, por 1 a 0 neste domingo, não ficou plenamente satisfeito. "A atuação foi mais ou menos, o Inter jogou igual ao adversário", analisou.

Abel viu muito equilíbrio na partida, principalmente por algumas falhas coloradas na transição para o ataque. "Pelas chances criadas, o empate teria sido justo", afirmou o técnico.

Ele aproveitou a partida cheia de riscos contra o time do interior, para alertar o grupo das dificuldades da fase decisiva do Gauchão. "Teremos a vantagem de jogar em casa contra o Cruzeiro, mas a liderança não dá mais nada", frisou. "Não podemos jogar mal. É partida decisiva, um jogo só. Uma falha poderá custar muito caro", enfatizou.

O treinador relatou, ainda, que a partir de agora apenas a chamada equipe principal será escalada para os jogos. "Agora vai ser sempre a mesma base. Não tem mais perdão, tiraremos por problema médico ou físico. Todos estão sabendo a maneira de jogar e a forma que trabalho, com motivação muito grande", comentou.

Bookmark and Share

Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.