Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 16/03/2014
  • 18:55
  • Atualização: 19:09

Rodada define confrontos das finais e rebaixados do Gauchão

Brasil de Pelotas se sagrou melhor do interior e poderá disputar Série D do Brasileiro

  • Comentários
  • Correio do Povo

A  rodada final do Gauchão teve mais seis jogos além das disputas da dupla Gre-Nal, neste domingo. Os resultados, contudo, não trouxeram mudanças diretas dos classificados para a fase final da competição, apenas mudou ordens de confrontos, com a vitória do Brasil de Pelotas sobre o Veranópolis garantindo à equipe o título de melhor do interior e vaga direta na 4ª divisão do Brasileiro. Caíram, pela tabela até julgamento de recursos, Passo Fundo, São Luiz de Ijuí e Pelotas.

Nas finais, o Inter enfrentará o Cruzeiro, enquanto o Grêmio vai encarar o Juventude. O Brasil de Pelotas se confronta com o Novo Hamburgo e Veranópolis será o rival do Caxias.

O Cruzeiro amargou empate com o São Luiz de Ijuí, mesmo jogando em casa. O resultado deixou a equipe da Região Metropolitana na berlinda da classificação, já que ainda vai aguarda recurso jurídico do Passo Fundo, que poderá colocar a equipe, por enquanto rebaixada, nas finais com a recuperação de pontos perdidos na Justiça. O São Luiz já tinha poucas chances de foi definitivamente para a zona da degola.

Mesmo matematicamente rebaixado, o Passo Fundo fez grande jogo e, com gols de Ediglê e dois de Hyantony venceu o São Paulo de Rio Grande, que descontou com Robin. No caso de reversão jurídica da punição, o resultado coloca o time entre os finalistas.

O Caxias, enquanto isso, derrotou o Novo Hamburgo por 2 a 1 nos seus domínios. A virada, após gol de Douglas, ocorreu toda no segundo tempo com Edmilson e Wallacer. O resultado definiu a equipe da Serra como quarta colocada do Grupo B, enquanto o Novo Hamburgo, mesmo sem pontos na rodada, fehcou em terceiro, também classificado.

Outro grande da Serra, o Juventude precisou torcer contra outros rivais, depois de empatar com o Aimoré, em 1 a 1. O clube fechou em quarto na chave A, enquanto o Aimoré foi sexto, mas escapou do rebaixamento.

O Esportivo, por sua vez, ganhou do São José por 1 a 0, mas mesmo assim fica ameaçado de rebaixamento por conta do recurso do Passo Fundo. Se o rival recuperar seus pontos, provoca o descenso do time de Bento Gonçalves.

Bookmark and Share