Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
24ºC
Amanhã
11º 19º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Liga dos Campeões

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

19/03/2014 19:00 - Atualizado em 19/03/2014 19:09

Van Persie faz três e Manchester United segue na Liga dos Campeões

Time inglês havia perdido a ida para o Olympiacos por 2 a 0 na Grécia

Van Persie faz três e Manchester United segue na Liga dos Campeões<br /><b>Crédito: </b> Andrew Yates / AFP / CP
Van Persie faz três e Manchester United segue na Liga dos Campeões
Crédito: Andrew Yates / AFP / CP
Van Persie faz três e Manchester United segue na Liga dos Campeões
Crédito: Andrew Yates / AFP / CP

Genialidade de Giggs, raça interminável de Rooney, um poder de fogo apurado de Van Persie e um goleiro pegando tudo. Com esses quatro personagens, o Manchester United conseguiu reverter o placar de 2 a 0 na ida das oitavas de final contra o Olympiacos, pela Liga dos Campeões. O time inglês jogou muito bem e venceu o rival por 3 a 0 na tarde desta quarta-feira, no Old Trafford.

Foi a quarta virada em Champions do United após perder a ida por dois de diferença: contra Athletic Bilbao (56/57), Tottenham (63/64) e Barcelona (83/84). O próximo adversário será conhecido na sexta-feira, quando será feito o sorteio. A equipe de Manchester volta a campo no fim de semana pelo Campeonato Inglês. Enfrenta o West Ham fora. Os gregos, praticamente já com o título nacional, com 16 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, pega o Ergotelis.

O jogo

O Manchester United sabia que precisava atacar desde o primeiro minuto, não deixar o Olympiacos respirar e fazer gols logo. Para isso, David Moyes foi apenas com Carrick como volante, Giggs sendo o maestro no meio-campo, colocando Welbeck e Valencia para correr. Na frente Rooney apoiando e Van Persie para conferir. Deu certo.

Valencia era o mais participativo no início. Até tomou uma pancada em que ficou com o supercílio muito inchado. Nos primeiros minutos, o United foi um pouco desesperado e chegou a sofrer alguns ataques. A primeira oportunidade real do jogo veio através de Van Persie, que furou após bom passe de Rooney. Depois da grande chance dos gregos, em que Perez isolou, o United acordou de vez. E Giggs começou a brilhar.

Primeiro lançou Rooney, que cabeceou e obrigou Roberto a fazer grande defesa. O time continuou na pressão, e após nova bola longa do galês, Van Persie recebeu, tentou driblar e foi derrubado por Manolas. Pênalti. O holandês converteu.

Na reta final do primeiro tempo, novo susto do Olympiacos, e novo gol do United. De Gea fez duas defesas incríveis. Como resposta, o time inglês armou lançamento para Rooney, que avançou e tocou para Van Persie na área. O holandês ganhou de Leandro Salino e completou.

A etapa final continuou no mesmo ritmo do primeiro tempo. Até que a raça interminável de Rooney foi premiada. Ele conseguiu grande recuperação no meio, saiu de dois e tocou para Welbeck, que foi derrubado perto da área. O atacante passou pela bola e Van Persie cobrou no canto de Roberto - 3 a 0.

Na sequência, tudo ficou ainda mais aberto. O Olympiacos passou a atacar, e De Gea fechou tudo. Defendeu chute forte de Fuster, outra de Domínguez, e aos poucos os gregos começavam a atacar mais, o United abria o jogo e chamava os rivais.

Na reta final, uma pressão incrível dos gregos dentro de um Old Trafford lotado. De Gea continuou a brilhar, a defesa tentava esfriar como podia, e a classificação heróica veio. Um raro momento de alegria para a torcida do Manchester nesta temporada.

Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.