Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 22/03/2014
  • 12:46
  • Atualização: 13:11

Grêmio treina com portões fechados para tentar surpreender Roger

Enderson Moreira reconheceu experiência do ex-auxiliar com atletas tricolores

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O técnico Enderson Moreira não quer dar armas para o Juventude e treinou com portões fechados, na manhã deste sábado. Sabendo que o treinador adversário, o ídolo gremista Roger, conhece de forma profunda o vestiário tricolor, Enderson tenta surpreender de alguma forma na decisão das quartas de final, na Arena neste domingo.

Destaque tricolor na mesma posição que Roger, Wendell reconheceu que a experiência acumulada por Roger como auxiliar poderá ser um obstáculo no confronto. "Acho que ele conhece a característica de todo os jogadores, pelo tempo que passou e pelo que trabalhou", relatou o jogador.

A promessa gremista fala com carinho, entretanto, da relação com Roger. "Aprendi bastante com ele, por jogar na posição. Nos cruzamentos, cheguei com dificuldade e o Roger me ajudou bastante. Me falou como a torcida do Grêmio gostava dos estilos de laterais e que não tinha um grande lateral há muito tempo", lembrou.

Apesar do "mistério" nos trabalho deste sábado, a equipe titular deverá seguir os moldes do time que enfrentou o Newell's Old Boys pela Libertadores: Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Werley e Wendell; Edinho, Ramiro, Riveros e Dudu; Luan e Barcos.


Bookmark and Share