Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
17ºC
Amanhã
14º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

23/03/2014 09:27 - Atualizado em 23/03/2014 09:41

Grêmio vai com força máxima para chegar às semifinais do Gauchão

Tricolor recebe o Juventude, pedra do sapato do time desde 2010, às 16h na Arena

Dudu deve ser mantido no time titular do Grêmio<br /><b>Crédito: </b> Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio / CP
Dudu deve ser mantido no time titular do Grêmio
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio / CP
Dudu deve ser mantido no time titular do Grêmio
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação / Grêmio / CP

O apelido pejorativo de “filial” ficou no passado. O Juventude tem sido uma enorme dor de cabeça ao Grêmio nos últimos anos, no âmbito local. Tanto que ostenta uma invencibilidade desde o Gauchão de 2010. Na Arena, às 16h deste domingo, os comandados de Enderson Moreira tentam quebrar essa escrita e garantir uma vaga nas semifinais.

O jejum de vitórias, porém, tem um particular: o Alfredo Jaconi como palco. Os embates entre os dois times têm sido sempre em Caxias do Sul nas temporadas anteriores. Em Porto Alegre, não se enfrentam desde 2009, quando o Tricolor venceu. Mesmo assim, a marca incomoda.

A pior derrota foi nos pênaltis, na temporada passada, eliminando a equipe de Vanderlei Luxemburgo do Estadual. O Grêmio desdenhou o torneio durante boa parte dele. Nas quartas de final, ao empatar com o São Luiz, perdeu a chance de decidir na Arena. Longe de Porto Alegre, empatou por 1 a 1, mas caiu nos pênaltis por 5 a 4.

“Sabemos das dificuldades que o Juventude tem nos criado há bastante tempo. Tem sido uma pedra no sapato”, destaca Werley. Muda, agora, porém, o local da partida. “Temos que fazer o dever de casa. Conquistamos essa vantagem de decidir em casa. Queremos conquistar o Campeonato Gaúcho”, acrescenta o defensor.

A vitória gremista não vem desde 2010, ano da última conquista Estadual, sob o comando de Silas. A equipe começava a engrenar para fazer um grande primeiro semestre, coroado com o título e a semifinal da Copa do Brasil. Naquele dia, o time teve nomes como Victor, Mário Fernandes e Douglas, mas quem brilhou mesmo foi o atacante Jonas, autor dos dois gols do triunfo por 2 a 1 no Alfredo Jaconi.

“Sabemos que o Grêmio não conquista o Campeonato Gaúcho há quatro anos. Queremos muito ganhar nesta temporada”, salienta o lateral-esquerdo Wendell. Mesmo com a Copa Libertadores afunilando, diferentemente de 2013, o Tricolor não desdenha do título local.

Ficha técnica

Grêmio
Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo, Wendell; Edinho, Ramiro, Riveros, Dudu; Luan e Barcos
Técnico: Enderson Moreira

Juventude
Fernando; Juliano, Rafael Pereira, Diogo, Julinho; Vacaria, Jardel, Mika, Yann; Douglas e Zulu
Técnico: Roger Machado

Árbitro: Anderson Daronco
Horário: 16h
Local: Arena do Grêmio

Bookmark and Share


Fonte: William Lampert / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.