Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
18ºC
Amanhã
11º 20º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

25/03/2014 08:56 - Atualizado em 25/03/2014 09:11

Com boas atuações, Dudu se firma como titular do Grêmio

Depois de chegar sem muito alarde, atacante conquistou espaço no time gremista

Dudu vem sendo um dos destaques do Grêmio<br /><b>Crédito: </b> Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP
Dudu vem sendo um dos destaques do Grêmio
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP
Dudu vem sendo um dos destaques do Grêmio
Crédito: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

Dudu chegou sem um grande cartaz. Afinal, havia saído muito jovem do Cruzeiro, sem conseguir firmar o seu nome no cenário nacional. Enderson Moreira, no entanto, conhecia muito bem o seu único pedido de reforço. Sabia o que o jogador poderia lhe dar. A direção atendeu e, depois de um mês e meio, o atacante ganha cada vez mais o status de titular no time do Grêmio.

Zé Roberto não tem o seu lugar garantido quando retornar de lesão no final de abril. O meia precisará batalhar muito para tomar a posição de volta, principalmente se o substituto seguir rendendo como nos últimos jogos. Há quem diga, nos corredores do estádio Olímpico, que o lugar na equipe é de Dudu. Sua titularidade já era cotada antes mesmo da ausência do camisa 10.

Se a tarde de domingo foi de Barcos, o último reforço gremista da temporada teve um papel especial na goleada por 3 a 0 diante do Juventude. Foi um coadjuvante de luxo. Participou diretamente dos últimos dois gols. A participação, porém, não é apenas ofensiva. A entrega em campo é outro ponto destacado. Mesmo sendo atacante, não se furta de retornar até a linha de fundo marcado. É preciso esta dedicação para ganhar a vaga.

Enderson esteve sempre predisposto a escalar Dudu após a lesão de Zé Roberto, mas a contrapartida era a exigência pelo auxílio na marcação, especialmente para o confronto na Argentina. Contra o Newell’s Old Boys, em Rosário, o atleta marcou como um volante quando necessário. Fechou o lado esquerdo na partida mais complicada da temporada até o momento. A atuação lhe rendeu pontos. No domingo, pelo Gauchão, novamente foi bem. Seguindo neste ritmo, não deixará mais o time titular.

O investimento para trazê-lo foi modesto, dentro das condições financeiras que o Grêmio apresenta. Foram gastos pouco mais de R$ 500 mil pelo seu empréstimo até dezembro. O seu salário enquadra-se dentro da atual realidade gremista. Para adquiri-lo em definitivo do Dínamo de Kiev no fim do ano, no entanto, será preciso mexer no bolso. O preço estipulado é de 6 milhões de euros, mais de R$ 19 milhões. Como tem apenas 22 anos, o clube aposta que investidores não faltarão.

Bookmark and Share

Fonte: William Lampert / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.