Correio do Povo

Porto Alegre, 17 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
17º 26º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

27/03/2014 22:40 - Atualizado em 27/03/2014 22:44

Arena vai cobrar por prejuízos e Brasil-Pel quer identificar vândalos

Gestora do estádio do Grêmio não quantificou número de cadeiras quebradas

A Arena Porto Alegrense, gestora do estádio do Grêmio, irá fazer a cobrança dos custos para recolocar as cadeiras quebradas no setor dos visitantes para o Brasil-Pel. O time de Pelotas, por sua vez, pediu que quem tivesse imagem dos torcedores com os assentos enviasse, para identificação.

• Torcedora publica foto com cadeira quebrada da Arena

A administradora da casa gremista não quantificou o número de cadeiras que foi danificado nem o tamanho do prejuízo. Ainda está contabilizando o tamanho do problema. Mas irá mandar a conta para o time xavante. Como já foi feito em outros casos de depredação do estádio.

O Brasil-Pel não corre risco de punição por conta da conduta de seus torcedores. Segundo o procurador do TJD-RS, Alberto Franco, a situação será resolvida entre os clubes. Se o clube de Pelotas quiser, depois, irá cobrar dos torcedores. O clube pediu, pelo Twitter, foto dos torcedores portando objetos arrancados do estádio. Quer identificar quem cometeu os atos para puní-los.

Após o jogo desta quarta-feira, na Arena, torcedores publicaram fotos nas redes sociais com pedaços de cadeiras do estádio gremista. A Brigada Militar permitiu que apenas 1,5 mil torcedores rubro-negros tivessem acesso ao jogo, por questões de segurança. A posição causou polêmica antes da partida.


Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.