Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
11ºC
Amanhã
15º 21º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Gre-Nal

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

28/03/2014 22:34

Grohe e Dida se reencontram no Gre-Nal 400

Goleiros de Grêmio e Inter têm desempenho semelhante no Gauchão

Grohe assumiu a titularidade com a ida de Dida para o Colorado<br /><b>Crédito: </b> Arte / Gilmar Vaz / CP
Grohe assumiu a titularidade com a ida de Dida para o Colorado
Crédito: Arte / Gilmar Vaz / CP
Grohe assumiu a titularidade com a ida de Dida para o Colorado
Crédito: Arte / Gilmar Vaz / CP

Além de ser o primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho, o Gre-Nal de número 400 marca o reencontro dos goleiros Dida e Marcelo Grohe, neste domingo, às 16h, na Arena. A saída do primeiro para o arquirrival no início deste ano abriu espaço para segundo se consolidar como o camisa 1 do Tricolor.

A transferência de Victor para o Atlético-MG na metade de 2012 seria a chance de Grohe de tonar-se titular do Grêmio. No entanto, meio ano depois, a direção tricolor, em busca de mais experiência para a posição, contratou o goleiro Dida, profissional consagrado pelas passagens pela Seleção Brasileira. Grohe foi mais uma vez para a reserva.

Neste ano, devido ao alto salário de Dida e à contenção de despesas no clube, o Grêmio não renovou o contrato com o goleiro. O profissional então assinou por dois anos com o Inter.

No Gauchão, o desempenho dos dois é praticamente igual. Grohe atuou em dez partidas do torneio e sofreu seis gols – uma média de 0,6 gol sofrido por jogo. Já o arqueiro colorado trabalhou em um número menor de duelos. Dida defendeu o Inter em cinco confrontos e deixou a bola entrar três vezes – a mesma média de 0,6 gol sofrido do goleiro do rival.

Ex-goleiro do Grêmio, Mazaropi não esconde a admiração por Grohe e disse que será uma afirmação do Tricolor em seguida. “Acho que a carreira dele foi retardada desde a época do Victor. Acho que ele já era para estar jogando há muito tempo no Grêmio. Sou fã do Grohe e suspeito para falar. Ele está muito bem e tenho certeza que vai fazer uma grande história no Grêmio”, destacou.

Bookmark and Share


Fonte: Laion Espíndula / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.