Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 01/04/2014
  • 19:13
  • Atualização: 19:48

MP solicita inquérito policial sobre suposto ato racista no Gre-Nal

Órgão pedirá as imagens registradas pelo sistema de videomonitoramento da Arena

MP solicita inquérito policial sobre suposto ato racista no Gre-Nal | Foto: Mauro Schaefer

MP solicita inquérito policial sobre suposto ato racista no Gre-Nal | Foto: Mauro Schaefer

  • Comentários
  • Correio do Povo

O Ministério Público (MP) do Rio Grande do Sul requisitou nesta terça-feira a instauração de inquérito policial para apurar os supostos atos racistas contra o zagueiro Paulão do Inter no Gre-Nal 400, nesse domingo, na Arena, pelo Campeonato Gaúcho. O documento foi encaminhado à 4ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre.

Após o jogo, o MP pediu ao Grêmio e à Arena Porto-Alegrense as imagens registradas pelo sistema de videomonitoramento do estádio. Posteriormente, elas serão encaminhadas para a Polícia Civil.

Na segunda-feira, o Grêmio correu atrás de vídeos para tentar identificar o autor das ofensas racistas contra o jogador colorado. Só que as primeiras imagens cedidas pela Arena não puderam apontar o torcedor. Com isso, vídeos de outras câmeras foram solicitados. 

A imagem que foi analisada é de uma câmera localizada no primeiro anel no lado Leste, lado oposto ao ocorrido, distante cerca de 100 metros do túnel de acesso dos jogadores ao gramado.

Ao deixar o campo após a vitória do Inter, o zagueiro ouviu um torcedor imitando barulhos de macaco e foi encará-lo. Willians também fez o mesmo. Em entrevista, Paulão afirmou que não irá tomar nenhuma medida legal e apenas lamentou a situação. O árbitro Leandro Vuaden afirmou que não viu o caso e não relatou em súmula.

Bookmark and Share