Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
13º 28º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

04/04/2014 08:24 - Atualizado em 04/04/2014 08:28

Inter comemora 105 anos com novo Beira-Rio

Festa de reinauguração contará história do estádio em cada década

Inter comemora 105 anos com novo Beira-Rio <br /><b>Crédito: </b> André Ávila / CP Memória
Inter comemora 105 anos com novo Beira-Rio
Crédito: André Ávila / CP Memória
Inter comemora 105 anos com novo Beira-Rio
Crédito: André Ávila / CP Memória

O Inter comemora hoje 105 anos de fundação, e o presente é um novo Beira-Rio. Mais bonito, mais confortável e, sobretudo, muito mais rentável. Baseado nesta tríade de qualidades, os dirigentes refazem seus cálculos e
projetam um novo "boom" de crescimento do clube em praticamente todas as áreas, apenas pelo retorno da equipe colorada ao seu reformado estádio.

"Além de termos o estádio mais bonito da Copa, tenho certeza que viveremos uma nova fase, de grande ascensão, depois do evento. Só a arrecadação social, por exemplo, quase dobrou este ano por causa da volta ao Beira-
Rio", observa o presidente Giovanni Luigi.

Além das receitas sociais, que aumentaram na proporção da majoração dos valores das mensalidades pagas pelos associados, o clube projeta novas fontes de recursos com negócios ainda inexplorados. Há pelo menos duas
áreas que não entraram na negociação com a Andrade Gutierrez e ainda não geram receitas para o clube: o Gigantinho e o terreno que fica entre o Beira-Rio e a nova rua B. Ambos pertencem ao Inter e serão usados durante a
Copa do Mundo pela Fifa. Depois, voltam ao clube e certamente ganharão novos usos. Antes, porém, o Inter e seus torcedores viverão intensamente a volta para a casa. Neste final de semana, ponto culminante das comemorações da reinauguração, haverá três grandes eventos (detalhados ao lado): a festa "Protagonistas", o amistoso contra o Peñarol e a Interfest, evento com entrada franca que será realizado no Anfiteatro Por do Sol.

A reforma, por outro lado, ainda não acabou. Centenas de operários trabalham em vários setores do estádio. E há muitos acabamentos por fazer.

A festa no estádio

No sábado, a partir das 20h, o Beira-Rio reabrirá para receber uma festa de luzes e sons que promete emoção do início ao fim. A ideia é contar a história do estádio década a década, desde a sua inauguração em 1969.

Jogadores históricos do clube, como Fernandão, Figueroa, Paulo Roberto Falcão, D'Alessandro, Adriano Gabiru, Célio Silva, entre outros, serão homenageados. Além disso, o evento contará com apresentações das bandas Blitz, Papas da Língua, Cachorro Grande e outras. O DJ inglês Fatboy Slim encerra a festa com uma apresentação que deve ir até a meia-noite. 

Cobrança de jogo oficial


O time propriamente dito volta ao Beira-Rio no domingo para jogar um amistoso contra os uruguaios do Peñarol. O jogo começa às 16h e está sendo encarado por Abel Braga como uma partida como qualquer outra. Ou seja, com a mesma obrigação de vitória. "Ele (Abel) está nos dando orientações para valer, como se fosse valendo pontos", observou o zagueiro Ernando, ontem à tarde. O Peñarol, treinador por Jorge Fossatti, deve usar um time misto.

Bookmark and Share




Fonte: Fabrício Falkowski / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.