Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Outubro de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
13º 20º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Gre-Nal

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

04/04/2014 19:46 - Atualizado em 04/04/2014 20:21

TJD intima Paulão e julgará atos racistas na quarta

Grêmio pode ser multado por ofensas em Gre-Nal e torcedor pegar 720 dias de reclusão dos estádios

TJD solicita presença de Paulão e julgará atos racistas na quarta<br /><b>Crédito: </b> Mauro Schaefer
TJD solicita presença de Paulão e julgará atos racistas na quarta
Crédito: Mauro Schaefer
TJD solicita presença de Paulão e julgará atos racistas na quarta
Crédito: Mauro Schaefer

O caso de ofensas racistas contra o zagueiro Paulão, do Inter, ao término do Gre-Nal 400, na Arena, será julgado na próxima quarta-feira, dia 9 de abril, no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) do Estado. O defensor colorado, o volante Willans e o centroavante Wellington Paulista foram chamados para comparecer ao julgamento.

O TJD também solicitou que a Arena envie todas as imagens do ocorrido, além de vídeos da briga entre os torcedores do Inter, que será julgado por este fato. O Grêmio não conseguiu identificar o torcedor pelos vídeos, mas publicou uma nota oficial nesta sexta-feira e afirmou que enviou todo o material para o Ministério Público Estadual (MPE), que teria mais condições e estrutura para realizar a identificação do agressor apontado por Paulão.

O Tricolor foi denunciado no artigo 243-G, que prevê que o torcedor seja punido com até 720 dias de reclusão dos estádios e multa para o clube. O Colorado será julgado no artigo 213 e também pode ser multado pelo ocorrido no intervaldo do Gre-Nal.

Após o clássico, Paulão acusou um torcedor gremista de imitar sons de macaco quando ele deixava o gramado rumo ao túnel. Willians também teria visto o fato. Os dois jogadores encararam a torcida rival, com o zagueiro aplaudindo ironicamente o fato.

Neste Gauchão, o Esportivo foi julgado também por conta de atos racistas de sua torcida. Foi multado com R$ 30 mil e perdeu cinco mandos de jogo. O recurso feito pela Procuradoria será julgado na quinta-feira, assim como o caso do Passo Fundo, que perdeu oito pontos por conta de escalação irregular de um jogador.

Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.